A boa relação entre o casal aumenta o desempenho profissional

 

proseudiaficarmelhorfundo028 proseudiaficarmelhorfundo029 proseudiaficarmelhorfundo030

ALVO

O mundo moderno transformou as pessoas.

Esta avalanche de mudanças nestes últimos anos alterou a rotina de muitos casais que viram as suas vidas se radicalizarem.

Alguns casais lidaram bem com as mudanças enquanto que a maioria dos relacionamentos naufragou.

A terapia de casal é uma boa ferramenta para a relação se fortalecer novamente, desde que acompanhada por um bom terapeuta.

Mas, quando é o momento de se ter uma boa conversa, adulta e sóbria, sobre se a relação deve ser mantida ou se deve partir para a separação?

Não me refiro àqueles que sofrem agressão verbal e física, porque esses não há o que fazer, a não ser mudar para melhor ou partir para a separação.

Me refiro a algumas situações que vão acabando com o casamento sem que o casal se dê conta que insistir na relação não é a melhor saída. Os dois ficam frustrados. Saem machucados, principalmente os que não querem se separar.

Saiba quando dizer não e passe a cuidar de si mesmo, a se valorizar, e seja feliz.

A outra pessoa também tem o direito de ser feliz, mesmo que não seja mais ao seu lado.

Se a pessoa ao seu lado não quer dividir as alegrias e os desafios, acredite, é o momento de dizer adeus.

Melhor sofrer agora no momento da separação do que sofrer o resto da vida por não ter tido a coragem de partir em busca de outros ares e uma vida melhor.

É claro, nenhum relacionamento, nem de longe, será perfeito.

Certamente em alguns momentos haverá discordâncias.

Mas, como ponderar o que ocorre dentro da normalidade daquilo que já passou dos limites?

Como eu disse, vale a pena insistir em um relacionamento conturbado ou é melhor cada um tomar o seu próprio rumo?

Analise se isso acontece em seu casamento.

(*Embora este texto esteja na figura de linguagem masculina, ele tem o mesmo efeito na figura de linguagem feminina.)

1° Quando se perde o respeito.

Todo cônjuge tem o direito de discordar do outro, mas isso não lhe dá o direito de culpá-lo, de achar que o outro é o responsável por suas frustrações e pela perda dos amigos.

Quando um dos dois utiliza-se dessa chantagem da culpa, nada mais é do que a manifestação da própria pessoa que o acusa, porque na realidade é ela quem não está feliz no casamento, e não você. Quando ela lhe culpa, apenas está tirando dela o foco para não parecer que ela é a verdadeira culpada.

2° Tempo demais nas redes sociais e mensagens instantâneas.

Todo casal tem o direito de ter amigos, mas quanto tempo tem sido gasto com estes amigos?

Boas amizades agregam valor ao casamento e tornam ainda mais forte a relação entre o casal.

Mas isso não acontece quando as amizades estão tirando a atenção que poderia estar sendo direcionada ao companheiro. Quando isso ocorre, estas amizades se tornam inconvenientes.

E se forem com pessoas do sexo oposto, muito pior.

3° Quando há muita lamúria e reclamação.

Nada está bom e por isso o dia nunca termina bem. É o dinheiro que não tem. É o passeio que não foi legal. É a vontade insaciável de se divertir e de gastar. É as contas que não param de chegar. É a roupa que não serve, é o cabelo que não alisa, é a comida ruim, é a casa tediosa, é a vontade louca de sair sem destino. É a rotina triste, é a idade chegando, é as doenças, é o corpo cansado, é o estresse, é a vontade de voltar no tempo e fazer tudo diferente. É isso, é aquilo…

A pessoa nunca se sente feliz. Ela não consegue ver alegria nas coisas singelas da vida. Sempre quer mais e mais. Nunca está contente. Nunca sabe agradecer.

Uma pessoa assim caminha cada vez mais para a carência emocional, física e material.

(Salvo em casos relacionados a depressão, quando a pessoa precisa de intervenção médica.)

4° Desorganização.

Mais importante do que amar o companheiro é a pessoa amar a si mesma. Quando a pessoa não consegue ser organizada, deixa de se cuidar, cuidar da auto estima, do corpo, da alimentação, da aparência, ou seja, quando ela se entrega, isso pode ser um sinal de que ela está empurrando a relação do jeito que dá.

Talvez a pessoa não tenha a coragem de dizer que não quer mais a sua companhia, então essa vontade se manifesta de outra forma, ou seja, com estes sintomas.

Talvez o medo de deixar os filhos sem a companhia de um dos tutores faça a relação permanecer nestas condições.

(Salvo em casos relacionados a depressão, quando a pessoa precisa de intervenção médica.)

5° Quando o amor esfria.

Esse sintoma é um dos mais convincentes.

A relação está a beira da ruptura quando um dos dois não consegue mais engatar uma conversa. Quando um dos dois não consegue olhar nos olhos. Quando um dos dois não dorme mais no mesmo quarto.

Quando um dos dois faz piadas sarcásticas com o outro. Quando um dos dois menospreza o outro.

Quando um dos dois possui segredos com pessoas que não fazem parte da família. Quando um dos dois passa tempo demais com outros, virtualmente ou fisicamente.

Quando um dos dois não o procura sexualmente. Quando um dos dois não faz carinho. Quando um dos dois não se sente bem com a companhia do outro.

Quando um dos dois perde o brilho no olhar.

Avalie e tome uma decisão sábia.

Se a sua relação está passando por esses sintomas, não quer dizer que a melhor opção é a separação.

Mas se você não tem nenhuma colaboração do outro, não insista nessa relação.

O casamento é a soma de dois corações e duas mentes. Só pode dar certo quando os dois estão comprometidos um com o outro.

Quando um dos dois não quer melhorar, não quer ajudar e não tem a sua parcela de comprometimento, esqueça, esse casamento nunca dará certo.

Cada casal tem a sua forma de relação, mas pior do que insistir numa relação ruim é os dois se aventurarem fora do casamento e continuarem enganando a si mesmos, dizendo que o que os olhos não veem o coração não sente.

Essa é a pior desinteligência que pode existir por parte da pessoa que sabe que o outro faz e continua insistindo na relação.

Portanto, ame-se, cuide-se.

Você não nasceu para sofrer.

Liberte-se!

Leandro Tissiano

proseudiaficarmelhorfundo030 proseudiaficarmelhorfundo029 proseudiaficarmelhorfundo028

 

Não seja você escrava da beleza obsessiva

Índice de assuntos gerais deste Blog

cropped-logo-psfm-wordpress1.jpg

QUADRO 000000004

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s