Pro seu dia ficar melhor

Analise os seus critérios de avaliação para escolher com critério os seus candidatos políticos

Pro seu dia ficar melhor – Analise os seus critérios de avaliação para escolher com critério os seus candidatos políticos

por que você está preparado para governar este país PSDFM

Analise os seus critérios de avaliação para escolher com critério os seus candidatos políticos, para não votar errado.

Como formar um bom político?

Políticos, assim como os jogadores de futebol, poderiam ser valorizados se mostrassem um bom desempenho

Eu uso muito de analogias e agora não será diferente. Todo político precisava ganhar bons salários se apresentassem e fizessem funcionar bons projetos, semelhante aos melhores jogadores de futebol que são valorizados quando decidem partidas importantes por jogarem bem, mesmo diante de marcação cerrada.

Tem muito político que ganha bem pra ficar sentado no banco de reservas. Existem outros políticos que não jogam nada mas querem ganhar o mesmo salário de bons jogadores e ainda ser titulares.

Todo político precisava ser avaliado pelo seu bom desempenho, subir de salário apenas quando as suas ações trouxessem bons resultados para a sociedade.

Seria semelhante aos bons jogadores que começam jogando em times de base, ou times do interior e de outras divisões. Quem seriam os olheiros? A própria sociedade que estaria atenta na capacidade destes atletas.

Como um político poderia ser promovido?

Políticos melhores avaliados assumiriam maiores responsabilidades e não o contrário

Os políticos seriam avaliados em suas cidades. Qual o grau de governabilidade que estes políticos receberam de seus eleitores quando estavam exercendo as suas funções?

Se fossem bons administradores e a população os aprovassem, este político seria convidado para administrar projetos maiores, ou seja, se candidatar à cargos semelhantes, mas em cidades maiores.

Exemplo, o político “A” governou muito bem uma cidadezinha com 10.000 habitantes exercendo uma determinada função política.

Sendo assim, ele poderá se candidatar apenas para o mesmo cargo, desta vez para cidades maiores com até 100.000 habitantes.

Se mantiver o bom nível de administração em sua determinada função poderá se candidatar ao mesmo cargo para cidades com até 500.000 habitantes.

Ou seja, se este político um dia chegar à Presidência do país, ele provou ser um bom administrador e terá o apoio da população da forma mais racional que existe. Agora em nosso sistema político tem gente cortando caminho, subindo diversos patamares sem nenhuma preparação e sem nenhum critério válido e racional de avaliação.

Como continuar sendo um bom político?

Cargos diferentes podem resultar em falta de experiência para governar

Imagine um jogador que fica escalado desde os times de base à jogar como goleiro ou ficar na defesa. Este jogador nunca será escalado como atacante ou ponta esquerda quando chegar nos times profissionais. Isso seria loucura.

Na política isso não ocorre. Qualquer um pode se candidatar à cargos políticos diferentes e de maiores responsabilidades sem mesmo ter sido bons administradores em cargos menores, sem passar pelas etapas de reconhecimento que os bons jogadores precisaram passar.

Seriam estas algumas das razões de tantas decisões erradas na política deste país? Porque mais se erram do que acertam nas decisões tomadas.

Seriam estas as razões que justificam a falta de capacidade e experiência para governar?

 

Como manter um político valorizado?

Agora analise bem, que político de sua cidade poderia ser um bom administrador do estado? Lembra-se de alguém?

Que bom administrador de estado poderia administrar melhor o país?

Os critérios de avaliação precisam ser reestruturados. Os políticos precisam ser avaliados de perto pela população.

Tem gente que foi reprovado em sua própria cidade e aclamado em cidades maiores. Que avaliação racional é essa?

Como fazer uma boa governança?

Bons administradores não necessariamente foram bons professores e vice versa

Quando digo bons administradores não significa um poliglota que estudou nas melhores universidades do mundo, até porque tem muita gente formada e inteligente na política, mas usam a sua inteligência para propósitos errados e egoístas. Todo esse conhecimento acadêmico não serve de nada quando não se pratica boas ações à comunidade.

O contrário também é verdade.

Você entregaria a direção de sua empresa avaliada em milhões nas mãos de um auxiliar administrativo recém formado?

Você entregaria a direção do conselho tutelar nas mãos de uma pessoa violenta?

É óbvio que não. Isso é tão básico de compreender.

Então porque entregar a administração de um país do tamanho do Brasil para políticos que não sabem administrar?

O sistema de avaliação, volto a repetir, precisa mudar.

Político ganhar bem e subir de cargo, só se merecer, se tiver competência, não nos discursos, não nas promessas, mas nas boas ações onde todos nós somos beneficiados.

Político bem remunerado precisa provar em ações que está preparado para assumir maiores responsabilidades, subindo degrau por degrau, desde a época que era um simples estagiário na política, até assumir a direção geral deste país.

Somente assim para termos bons administradores tomando decisões importantes para que este país dê certo.

Sendo assim, analise os seus critérios de avaliação para escolher com critério os seus candidatos políticos, para não se arrepender posteriormente.

Leandro Tissiano

PRO SEU DIA FICAR MELHOR LOGO MARCA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s