Mantenha-se politicamente correto

aperto de mãos

Pro seu dia ficar melhor – Mantenha-se politicamente correto

Hoje quando se fala em ser “politicamente correto” é o mesmo que se dizer: “Cuidado, não se aproxime! Eu tenho lepra altamente contagiosa”.

O “politicamente correto” tornou-se motivo de briga, de chacota. Os cínicos dizem que quando você é politicamente correto, você não possui originalidade, simplesmente é um replicador de ideias baratas que todos já sabem.

O “politicamente correto” é visto como um ser covarde que não possui a coragem de falar tudo o que pensa. E o que significa dizer tudo o que se pensa? Significa ofender uma outra pessoa? Abaixar o nível da conversa? Agredir com palavras insensatas? Desde quando isso é coragem ou originalidade? Que eu saiba isso não é coragem, é falta de educação, falta de moral e de cultura.

Vamos visualizar uma cena por um momento. Imagine que uma pessoa deu entrada em um hospital público porque sofreu um grave acidente e os médicos estão passando instruções aos familiares sobre tudo o que pensam:

“Shiiiii! Se eu fosse vocês levava ele embora rapidinho daqui, porque este hospital é uma bosta! Aqui a gente está com os salários atrasados, veja bem, ele vai morrer. Já vão se preparando! Isso que dá! Por que vocês não estudaram e lutaram por um bom emprego que desse à vocês um convênio particular para ser melhor atendidos? Agora não adianta reclamar da vida miserável que vocês levam! Eu vou tentar fazer o que eu posso, mas já vou dizendo, avisa os parentes que as chances de sobrevivência aqui nesse hospital são de 10%. Se fosse no hospital “beltrano” ele saia dessa, mas aqui, não sei não. Pobres como vocês são, a tendência é só esperar pelo pior.”

Que maravilha! Que originalidade! Que coragem do médico dizer tudo o que pensava. Mas o que dizer do lado de lá, dos ouvidos de penico que os familiares tiveram que ter ao aguentar esse médico fanfarrão mijando suas palavras sobre eles? Isso é ser original? Corajoso e autêntico?

Desculpe meus amigos, mas para um ser consciente que sou, isso não ajuda em nada em nossas relações com outras pessoas.

Rasgue o verbo, mas nunca perca a educação. Pois quando perdemos a educação, passamos a ofender, e me perdoe, de ofensas, eu já estou cheio!

Então, por favor, vire o seu rolo compressor na sua plantação de pessoas que pensam como você, mas não venha até aqui passar o seu rolo compressor na minha horta orgânica que estou cuidando com muito carinho.

Passar bem!

Leandro Tissiano

PRO SEU DIA FICAR MELHOR LOGO MARCA

7 Replies to “Mantenha-se politicamente correto”

  1. Não tive tempo ainda de ver o video que você me indicou e não vi esse ainda também (prometo que verei, mas as coisas andam bastante corridas…).
    Há dois pontos que eu gostaria de levantar com relação ao seu texto (que eu achei ótimo e com o qual concordo).
    O primeiro é que devemos sempre pensar antes de falar as coisas. Eu penso da seguinte forma: se algo que eu for falar não trouxer nada de bom para mim nem para a pessoa com quem estou conversando, não merece ser dito. Sabe aqueles comentários desnecessários: você engordou, tem uma ruguinha aqui que você não tinha, nossa como seu cabelo está branco… e outras coisas do gênero.
    A segunda é que mesmo que algo precise de verdade ser falado, existem formas e formas de dizer a mesma coisa, podendo ser gentil, demonstrar compaixão ou preocupação. Podemos dar nosso recado de forma a não agredir os outros.
    Eu penso assim… e é o que eu sempre tendo praticar…
    Beijo!

    Liked by 2 people

  2. Então, voltei. rs Sobre o vídeo, continuo sem comentários, pois é pra ser assistido mesmo. Ele é realmente bom. Tem outro filósofo que admiro bastante também, chamado Leandro Karnal, excelente. Se quiser… Agora quanto ao seu texto, concordo e compreendo.O meu problema na verdade, é o radicalismo. E tenho muito medo disso. Então ficamos no meio da briga, desviando de uns e outros como podemos. A grande questão é a falta de tolerância, como bem disse a Louise do PORTA204.(aliás, sua logo ficou o máximo!) as pessoas não toleram, mas acham que tem que ser toleradas e dizem o que bem querem. O direito de falar é de todos, mas, não acho que seja razão nem justificativa pra abusar desse direito, ser ofensivo e hostil. É uma discussão boa essa, você, inclusive, me inspirou aqui. Então acredito que ficamos a mercê do bom senso, que, obviamente, não temos tido muito. Ainda acho as leis brandas demais. Excelente texto Leandro! Bjo :)

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s