Qual o preço que eu estou disposto à pagar?

Mas qual era o preço que ele estava disposto a pagar?

Excelente pergunta meu rapaz. Tudo é exatamente isso, qual o preço que nós estamos dispostos a pagar?

No caso dele, ele não vivia mais para ele.  As pessoas o cercavam, queriam saber de onde ele havia vindo, e porque estava ali. E ele não se importava de jogar aos quatro ventos as suas façanhas e realizações.

Ele havia se esquecido do cuidado que precisamos ter, da modéstia e da prudência. A modéstia para não nos transformarmos numa figura arrogante, altiva e soberba. A prudência para não abrirmos o nosso coração para pessoas que estão do nosso lado só esperando uma oportunidade para sugar as nossas energias, e roubar os nossos segredos.

 

Mas,  experiente como ele era, certamente ele não deixou isso acontecer, correto?

Errado meu jovem! Junto da falta de modéstia e da prudência, instala-se o excesso de confiança, e ele, dopado por suas histórias, acabou se expondo de uma forma perigosíssima, e os seus inimigos não tiveram nenhuma piedade para com a sua pessoa.

Roubaram tudo, as suas roupas, os seus pertences, a sua história, a sua índole e até o seu caráter.

Você me perguntou qual era o preço que ele estava disposto a pagar?

Pois bem, ele tinha a oportunidade de desaparecer para sempre. Bastava pular de um penhasco ou estourar a sua cabeça com uma bala.

Mas, ele preferiu salvar a sua alma. Naquele instante, muito ferido, ele saiu, nu, completamente envergonhado. E assim, como a ave Fênix, ele precisou renascer das próprias cinzas.

Despiu-se de sua velha alma, amarga e enrugada, afinal de contas, depois de passar pelo o que ele passou, as forças das circunstâncias fizeram com que a sua face jovem e bela, se transformasse em um ser carrancudo e medonho.

Certamente ele nunca mais seria o mesmo, mas aprendeu lições importantes em sua vida. Lições como, não fale mais do que o necessário. Seja discreto e altamente observador. Ouça mais, deixe que as pessoas mostrem naturalmente do que elas são capazes, ou o que elas são de verdade. Não acredite em teatros. Existem muitos atores de plantão.

Seja sincero, mas não grotesco, e o mais importante de todos, ninguém precisa saber de todos os seus detalhes.

Feito isso ele passou a olhar para dentro de si, e encontrou nele a sua auto sobrevivência.

Sendo assim meu jovem, esteja preparado para se perguntar sobre tudo o que você for fazer: Qual o preço que eu estou disposto à pagar?

Pois será o resultado de suas escolhas que você colherá em sua vida.

Leandro Tissiano

PRO SEU DIA FICAR MELHOR LOGO MARCA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s