Entrar, ajudar e partir. Os segredos do número 9

nove

Eu nasci no dia 9 de Outubro. Resolvi pesquisar um pouco mais sobre isso. Com todo o respeito, eu não acredito em astrologia, numerologia, e se você acredita, por favor, nada contra. Como eu sempre digo, mais difícil do que defender o seu próprio ponto de vista, é respeitar o ponto de vista do outro.

Mas, ainda que eu não acredite, percebi algumas circunstâncias que cercaram a minha vida que me fizeram ficar intrigado com esse número nove.

Certas coisas cercam o número nove que na prática aconteceram comigo, e não foram uma ou duas vezes, mas centenas de vezes. Portando, coincidência passa longe daqui.

Você sabia que o número 9 quando somado com outros números, ele desaparece? Intrigante isso, mas já vou explicar.

O objetivo agora é reduzir os números em apenas uma casa decimal.  Exemplo, imagine que uma conta tenha dado o resultado de 543. Você precisa reduzir estes números para apenas uma casa decimal. Então você pega 5+4+3= 12, o resultado deu 12, novamente você pega 1+2=3, pronto, você reduziu para uma casa decimal e deu o número 3.

Quando você soma, por exemplo, 1+2=3, ok, o resultado não pode ser mais somado porque já está em uma casa decimal. Quando você soma 3+8=11, e se você pegar o resultado que deu, 11, e somar os dois numerais 1, 1+1=2, você chega no número 2, pronto, fim da soma.

Nestes exemplos acima, as somas resultaram em números diferentes dos que inicialmente foram somados.

Isso não acontece com o número 9. Quer ver?

Quando você pega o número 9 e faz a conta, 1+9, ou 9+1, não importa a ordem, o resultado dá 10. Pega os dois números para transformá-los em apenas uma casa decimal. Você pega 1+0=1. Olha o número 1 aí novamente!

Quando você pega 9+2=11, 1+1=2, olha o 2 aí novamente! Quando pega 9+3=12, 1+2=3, olha o 3 aí de novo! E se você fizer isso com os outros números, sempre vai descobrir o número inicialmente somado.

Portanto, o número nove se soma com outro número e sai de cena, enquanto o número que ficou inicialmente somado com o número 9 volta a aparecer.

Duas explicações sobre estas particularidades sobre o número 9 fizeram sentido em toda a minha vida e que agora eu vou dizer à vocês.

Eu estou com 44 anos de vida. Já tenho um tempo de experiência. Refletindo sobre as minhas experiências pessoais, mais as minhas características pessoais, eu percebi que muitos conselhos que eu dei à outras pessoas, fazendo com que elas entendessem a importância destes conselhos e mudassem de atitude, se deram bem. Porém, estes mesmos conselhos, na minha vida pessoal, eu não consegui colocá-los em prática.

Muitas orientações que eu mostrei na prática para outras pessoas, persuadindo elas com um raciocínio lógico e que funciona, fizeram elas se darem bem, mas eu, em particular, não pratiquei.

Ou seja, eu peguei tudo o que deu errado na minha vida e orientei outras pessoas à fazerem diferente do que eu fiz, porque se fizessem como eu, elas não iriam se dar bem.

Eu transformei as minhas experiências negativas em algo de bom para outras pessoas. É como se fosse aquele engenheiro de sistemas que sem querer desenvolve um vírus poderoso e por uma questão de ética, princípios, informa os outros engenheiros para nunca montarem um sistema binário daquela maneira porque tal nomenclatura oferece riscos fatais ao sistema.

Eu aprendi a ajudar muitas pessoas sem elas pedirem, e consigo contar nos dedos quantas delas vieram me agradecer. Mesmo que não me agradecessem, não é nem isso, mas estas, sequer mencionaram que eu tinha sido a causa, ou uma das causas que inspiraram elas a mudar.

Eu já passei por muitas empresas. Fiz diversas estratégias de mudanças para melhor, principalmente nas questões de relacionamento entre colaboradores e na visibilidade da empresa perante consumidores e pessoas em geral. Mas em todas estas circunstâncias eu saí de cena.

Então meus amigos, eis mais uma razão de ter criado este Blog Pro Seu Dia Ficar Melhor. É um Blog onde você entra, recebe ajuda e parte.

É como um posto de combustível em plena estrada. Você abastece para poder chegar ao seu destino. Esse Blog abastece você para que você possa seguir adiante acreditando que algo de bom ainda existe nas pessoas, e eu espero que você se sinta assim comigo, porque este Blog é a minha casa.

Espero ser uma das pontes que liga você a esperança, ao amor, a vida, a um novo amanhã.

E por que eu saio de cena? Porque o importante é que você somou as suas experiências junto com as minhas experiências e usou o resultado delas pra você melhorar como pessoa, como cidadão, e a partir disso, sair renovado rumo aos seus objetivos. Com isso você volta a aparecer, a se destacar, enquanto eu saio de cena, assim como o resultado das somas exemplificadas acima.

A segunda explicação sobre a particularidade do número 9 é que é o único número que multiplicado por ele mesmo, somando-se os números, sempre se chegará ao número 9.

Exemplo: 9×1=9; 9×2=18 1+8=9; 9×3=27 2+7=9, e assim sucessivamente.

Pois bem, em toda a minha vida, eu precisei contar comigo mesmo, para poder seguir em frente. Pouquíssimas vezes tive uma ajuda direta de outra pessoa.

Parece estranho falar isso, mas raramente tive em minha vida uma ajuda prática. Agora, ajuda Divina, eu tive várias, e uma das formas de agradecer a Deus por isso, é por ajudar outras pessoas através deste Blog.

Me perdoem amigos pelo post extenso e obrigado por sua paciência.

Lembrem-se, os meus conselhos não são infalíveis, eu não sou o dono da verdade. O objetivo é apenas entrar, ajudar e partir.

Um grande abraço!

Leandro Tissiano

PRO SEU DIA FICAR MELHOR LOGO MARCA

5 thoughts on “Entrar, ajudar e partir. Os segredos do número 9

  1. Que bonito Leandro! Eu sei um pouquinho o que está falando, algumas coisa eu também passo e passei. Algumas pessoas não pareceram merecer, mas parecer, não quer dizer que não mereciam né? É isso o que penso quando passo por isso. É meio frustrante, as vezes, seria hipocrisia minha se dissesse que não ligo sempre, mas eu faço o possível. As vezes a pessoa, sequer, percebeu que foi ajudada. E quando é trabalho entra aquela velha história de que quando acertamos, não foi mais que obrigação. Quando erramos…
    Espero que não esteja pensando em ir embora hein!
    Bjoo

    Liked by 2 people

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s