Dando a volta por cima, Pro seu dia ficar melhor

Superando a crise emocional diante das adversidades

estrada caminhada

A capacidade de crianças e adultos se superarem diante de tantas adversidades é algo incrível. Mas pense nas milhares de crianças que estão sendo confinadas em suas casas devido ao caos e o terror de uma guerra.  Corpos tão frágeis que de alguma forma conseguem sobreviver e suportar a realidade de uma guerra. Existe algum segredo para isso?

Acredito que a inocência e a sua pureza façam com que elas se concentrem em algo ou em alguma atividade que por um momento alivie o subconsciente das lembranças que podem  tirar delas as suas esperanças.

Como estas crianças se comportam quando perdem os seus brinquedos? Resultado do último bombardeio, ou quando é necessário sair às pressas deixando os brinquedos para trás a fim de salvarem as suas vidas?

O que pensam estas crianças quando as praças onde elas brincavam não existem mais? O que elas pensam quando não podem sair de suas casas? Será que possuem a consciência de saber que a liberdade delas de  ir e vir foi arrancada? O que fazem quando nenhuma tecnologia, celulares, computadores, ou outras atividades com outras crianças estão proibidas? O que fazem quando não podem interagir entre si ou ter outras formas de entretenimento?

É surpreendente como diante das piores atrocidades humanas que maculam os adultos obstinados, estas crianças consigam arrancar forças de onde talvez adultos não entendam como possam fazer o mesmo.

Aprender com a capacidade delas de se adaptarem diante das circunstâncias que as cercam e de sua grande criatividade de retirarem dos destroços um pouco das brincadeiras que as distraem é algo para se refletir.

Aprender que em meio aos escombros que as cercam, elas encontram tempo e vontade para brincar, forças para tirar do caos uma chama tremulante de esperança é inspirador.

Aprender com elas a desenvolver a criatividade, mesmo que a criatividade seja tirada de escombros.

Aprender a sonhar, criar uma história do nada, um enredo, um começo, meio e fim. Mesmo diante de adversidades elas não se entregam.

Estas crianças são exemplos de resistência, elas nos surpreendem.

Criatividade do zero, otimismo em meio ao ódio, esperança retirada do caos. Elas encaram estes desafios como soldados da paz.

Devemos ser gratos por estarmos percorrendo a estrada da vida estando livres dos efeitos devastadores de uma guerra, de estarmos usufruindo de uma liberdade e de oportunidades todos os dias.

Perguntar a si mesmo algumas questões podem ajudar:

Posso fazer a diferença hoje?

Posso conhecer outras pessoas?

Posso fazer novos amigos?

Começar a compreender que, os problemas e as ansiedades nunca deixarão de existir na vida das pessoas, mas, não deixar que estes tirem a  liberdade de viver ou de fazer algo fora do comum e sair da rotina que cerca uma pessoa.

É fazer enxergar novas possibilidades, novas reestruturações e mudanças.

E tomar novas decisões, sem as limitações físicas ou emocionais. Pensar nestas crianças  que não tiveram nenhuma escolha.

Aprender que se caminhar pela mesma estrada, da mesma maneira todos os dias, a vida não trará nada de novo. Mas caminhar pela mesma estrada, de maneiras diferentes todos os dias, descobrirá novas perspectivas e novos caminhos alternativos.

Aprender a compreender que há milhões de novas oportunidades para a realização de outras milhões de novas realizações.

Descobrir que estas oportunidades podem proporcionar a possibilidade de viver com mais paz e alegria, não importa o tamanho de seu sonho.

Estas crianças são mesmo incríveis!

Leandro Tissiano

contato@proseudiaficarmelhor.com

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s