Dia 1 de Maio de 1994 – O dia em que o Brasil chorou

HOMENAGEM AYRTON

Eu comecei a gostar de Fórmula 1 com ele, Ayrton Senna da Silva. Na época eu tinha 13 anos, e assistir as corridas era simplesmente incrível, porque Senna era espetacular, arrojado, focado no trabalho, que era conduzir o seu carro da melhor forma possível.

As suas ultrapassagens eram diferentes, embora arriscadas, ele sabia correr estes riscos. A sua morte não foi excesso de confiança de sua parte. Segundo as análises de peritos na área, diversas possibilidades foram levantadas que podem ter sido a causa deste terrível acidente ocorrido no dia 1 de Maio de 1.994, em Ímola, San Marino, Itália, eu, na época, com 23 anos.

Uns dizem que a barra de direção do carro de Senna quebrou, fazendo com que ele perdesse completamente o controle de seu carro, uma Williams. Outros dizem que devido a perda de pressão dos pneus, ocasionado pela interrupção da corrida, devido a um outro acidente, fez com que os carros andassem devagar por algumas voltas, fazendo a pressão cair, esfriando os pneus, perdendo a aderência com a pista.

Este circuito de San Marino atualmente não faz parte do calendário de Fórmula 1 desde o ano de 2006. Há possibilidades de voltar em 2017, mas ainda está sendo negociado.

Este circuito, no ano de 1994, parecia que estava com todas as bruxas soltas, porque na semana da corrida, Rubens Barrichello, na sexta-feira, bateu a 200 Km/h, capotou e ficou desacordado.

No sábado, o piloto austríaco Roland Ratzenberger morreu ao bater seu carro a 300 km/h.

E no Domingo, a batida fatal de Ayrton Senna, que viria a morrer horas depois.

Pessoas próximas de Senna informam que estes dois acidentes, mais o fato do carro da Williams não ter conseguido pontos, enquanto Michael Schmacher havia vencido as corridas anteriores abalaram o emocional de Senna, ou seja, tudo aconteceu ao mesmo tempo nesta semana do Grande Prêmio de San Marino.

Se hoje surgisse um piloto como Ayrton, com a força das redes sociais, acredito que a audiência da Fórmula 1 no Brasil seria imensa. Na época de Senna não existia Facebook, WhatsApp, Twitter, e mesmo assim Senna levava milhões de brasileiros à acompanharem as suas corridas.

Senna representava a garra, a força e o espírito de campeão. A sua obstinação em buscar o melhor resultado, em peitar os seus adversários, não abaixar a cabeça quando envolvesse favorecer o outro parceiro de equipe, e tantas outras características que ele possuía, fazia com que os jovens como eu na época se espelhassem nele.

Senna simplesmente foi e será inesquecível.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

One thought on “Dia 1 de Maio de 1994 – O dia em que o Brasil chorou

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s