Você estará livre assim que perdoar – Filosofando

Filosofando sobre os anos de experiência que agregam as nossas vidas, aprendemos coisas bacanas, entre estas coisas, a difícil tarefa de perdoar.

Muitas vezes, esquecer aquele ou aquilo que travou o nosso caminho é a melhor coisa a ser feita. E de que forma se pode conseguir isso? Perdoando.

Não é fácil, sabemos disso, principalmente quando demos o nosso melhor durante muitos anos à uma causa perdida, mas algumas lembranças, embora tristes e que possam ter deixado algumas mágoas, o melhor a ser feito é esquecê-las.

Você é livre, pense nisso. Você pode ir para onde você quiser. Desprender-se de correntes limitantes, pessoas negativas, lhe dará a liberdade necessária para se poder voar.

Ficar aqui filosofando é fácil, difícil é colocar em prática o ato de perdoar os que não aceitam as diferenças.

Não se culpe, quem somos nós para poder transformar outras pessoas? Não podemos fazer nada enquanto elas não quiserem mudar. E muitas não querem.

Não se culpe por achar que talvez tenha falhado. Todas as pessoas podem escolher o que é melhor para elas, mesmo que estas escolhas não sejam as suas escolhas.

Essa grande diversidade de ideias, pensamentos e ações é que nos fazem ser o que somos, pessoas singulares, intrigantes e complexas, com cada um possuindo as suas próprias características, limitações, qualidades e fraquezas.

Filosofando sobre uma atitude nobre, que é o ato de perdoar o próximo, pode ser o princípio de uma melhor convivência entre os seres humanos.

O que podemos fazer? Perdoar quem nos traiu, quem nos magoou, quem nos feriu. Perdoar até a alma ficar leve, livre e serena.

Sim, perdoar é como um banho refrescante depois de um intenso calor. É como um merecido descanso depois de um trabalho árduo.

Perdoar é o empurrãozinho que precisamos para pegarmos no tranco e sairmos do lugar. Não devemos nos enganar, enquanto estivermos vivos, de um jeito ou de outro, cedo ou tarde, seremos magoados ou magoaremos alguém.

Portanto, perdoar e sermos perdoados é que nos mantém unidos.

Se não souber por onde começar, que tal começar por elevar os seus pensamentos e pedir perdão por tudo?

Abaixo está o exemplo de uma oração pedindo perdão. A autoria do texto que narrei não sei de quem é, mas é um belo exemplo de onde podemos começar.

Leandro Tissiano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s