Sou teimoso! E daí? O problema é meu!

Web

Como conviver com àqueles que insistem em lhe apontar falhas?

Posso lhe dizer por experiência própria, seria suicídio. Seria um homicídio ao seu amor próprio. Palavras magoam, mais do que pauladas. Muitos sabem o que estou querendo dizer.

Coloque uma coisa em sua mente. Se você optou por ser feliz, mas a pessoa ou as pessoas ao seu redor insistem em tornar a sua vida uma masmorra, o mais sensato é libertar-se de tudo.

Estaria fugindo de tudo, o mais sensato não seria encarar de frente o problema?

Certamente enfrentar situações difíceis é o melhor a se fazer, mas enfrentar problemas que não possuem cura, porque os doentes não aceitam se curar, não há boas iniciativas e muito amor que possam consertar tudo o que foi gangrenando durante anos. Exigi-se uma amputação do membro, para que todo o restante do corpo se recupere e se salve.

O nosso problema é sempre tentarmos bancar o héroi, tentarmos salvar o que se perdeu há muito tempo

Talvez seja por isso que, em especial as mulheres, não aceitam acreditar que estão convivendo com alguém que  as agrida fisicamente e verbalmente.

Não aceitam o erro de suas escolhas, como se a culpa fosse toda delas, como se não houvesse outras razões para que tudo tivesse tomado um outro rumo, sendo que elas não são culpadas de absolutamente nada.

Esta cobrança interior não permite que elas se libertem destas relações e busquem a felicidade, que não está em relações complexas, mas na simplicidade do ser.

Temo que não sou forte o suficiente. Posso ter uma recaída?

É claro que nenhum de nós é forte o suficiente. Só o fato de aceitarmos esta possibilidade, prova que amadurecemos como pessoas. Ficarmos entre as duas extremidades, sou muito forte, ou, sou muito fraco, é que faz ficarmos estagnados e não conseguirmos nos mover para nenhuma direção.

As recaídas certamente serão constantes no início, arrependimentos, dúvidas e cobranças, mas com o tempo a serenidade tomará o espaço deixado por esta avalanche de sentimentos complexos.

Isto funciona pra todo mundo?

Nem médicos podem garantir o sucesso total em seus procedimentos médicos. Não há garantia que tudo será exatamente perfeito durante todo este processo, mas os médicos fazem o seu melhor para salvar vidas, estudaram todas as possibilidades e técnicas aplicadas para tomarem a melhor decisão.

Tudo o que você fizer, baseado em suas experiências anteriores, fará com que você tome a melhor decisão, porque você quer o que é melhor pra você e para o seu bem estar.

Se a pessoa ou as pessoas não querem ser felizes com você por perto, esteja perto daqueles que lhe amam, porque a felicidade precisa ser compartilhada. Precisa haver uma troca.

Se apenas você se doar todo o tempo enquanto os outros não correspondem, e o que é pior, apenas lhe sugam todas as suas boas energias, o mais sensato e se livrar de tudo, caso contrário, você fará um looping infinito, voltando ao primeiro parágrafo deste post.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

4 thoughts on “Sou teimoso! E daí? O problema é meu!

  1. Primeiro descobrimos quem somos… nos respeitamos e… nos amamos acima de tudo! Somos unicamente responsàveis pela nossa felicidade. Relacionamento bom é aquele onde olhamos para a mesma direção mesmo que de maneira diferente… Companheirismo…. Sair da “zona de conforto” quando nos enganamos nesta escolha è um ato de coragem… O primeiro passo do reencontro conosco mesmo… em busca da felicidade. Gostei do post Leandro. Bjs

    Liked by 2 people

  2. Confesso que voltei ao começo do post, kkkk, porque me perguntei o porquê do título. O segundo motivo foi a primeira pergunta. Conviver com pessoas que apontam nossos erros não é de todo ruim, penso. Aprendemos muito quando alguém nos corrige e aponta nossos erros. Neste sentido é muito positivo. O que não precisamos e nem podemos aceitar são os motivos por que as pessoas nos corrigem. Existem aquelas pessoas que querem o nosso bem e aquelas que querem nos ferrar. Pois, bem. Minha mãe, desde pequeno, indicou meus erros, falhas e limites. Ela só quería o meu bem. Mas já encontrei (certamente você também), pessoas que só queriam me diminuir e aniquilar ao mostrar os meus erros (professores, patrões etc). Ótimo artigo. Abraços

    Liked by 1 person

  3. Sim, é exatamente isso, nesse sentido. São pessoas que não sabem conviver com outras pessoas. Pessoas que ridicularizam outras, seja por um defeito físico, um comentário maldoso, um sarcasmo. Apontar os defeitos é no sentido de tornar a outra pessoa num saco de frustrações, pancadas e rebaixá-la. Obrigado por seu comentário. Abraço

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s