A melhor técnica para se trair…

Privacidade em tempo integral é normal?

O que os filhos sabem?

O que eles sabem que não se pode saber?

Senhas nos celulares, senha nos computadores, senhas entre marido e mulher.

Privacidade de vez em quando é normal

Tudo bem, cada indivíduo que se preze e que se ame, reserva um tempo para si,  precisa de um pouco de privacidade de vez em quando. Mas o que dizer quando a privacidade se instala na maior parte do tempo?

Nesses casos, os problemas de tal privacidade é que esta privacidade esfria a confiança dos pais pelos filhos ou do marido pela esposa e vice-versa.

É óbvio que quem esconde algo não sofre como o outro lado que está sendo traído ou traída. Engana-se aquele que trai pensando que sabe esconder muito bem as suas traições sem deixar rastros. Fique atento. O botão do desconfiômetro feminino é o mais aguçado. Muitas mulheres sabem que estão sendo traídas. O mesmo acontece com as mamães que sabem quando os filhos estão mentindo.

Mas, voltando a linha de raciocínio, quando se é vítima de uma traição, é óbvio também que se perderá a confiança nos filhos ou no cônjuge, e isso é o primeiro passo para o começo de desentendimentos e discussões na família.

O que surpreende nesta era tecnológica, é a quantidade de aplicativos desenvolvidos para se rastrear os traidores, e a mesma quantidade de outros aplicativos criados para esconder os traidores.

Se a relação chegou à esse nível, dos pais ou dos cônjuges precisarem serem formados na área de TI para saberem quem descobre mais podres ou de quem desmascara melhor, não dá.

Alguns justificam com uma certa razão que precisam mascarar os seus dados por proteção, e isso é justo, mas, por que o parceiro ou os filhos precisam mascarar o seu perfil para os próprios membros da família? Existe justificativa para se esconder dos próprios membros da família?

Quando pessoas estranhas começam a importunar, estes aplicativos podem ser úteis, mas quando usado entre os próprios membros da família, significa que eles estão escondendo algo.

Como foi dito, cada um precisa de um momento de privacidade, mas não o tempo todo ou na maior parte do tempo ficarem se escondendo. Não é justo se passar tempo demais conversando em redes sociais ou em serviços de mensagens instantâneas no modo privado.

Tanto os pais quanto os casais não devem se comportar como detetives. A melhor maneira para se descobrir se está sendo enganado é dar corda ao traidor, porque isso relaxa as defesas dele. Deixe-o agir até que não tenha mais como enganar. Se não há nada concreto, continue deixando ele agir.

Não arme o traidor

Quando o traidor percebe que está levantando suspeita ele se arma. Conseguir descobrir algo ficará cada vez mais difícil. Se a relação chegou nesse nível, é melhor terminar. É claro que não existe mais confiança na relação. No caso dos filhos, a melhor maneira é conversar, mostrando que existem provas.

Com tantos amigos e amigas, homens e mulheres, filhos e filhas, meninos e meninas, as relações virtuais acontecem 24 horas por dia, todos os dias. Se o casal ou os filhos reagem com furor quando se lhes perguntam sobre algo, ou reagem com ironia quando sao orientados à dizerem a verdade, salientando a importância de se ter uma conversa franca e transparente, é um bom indício de que algo não está bem. Tem coisa aí.

Não caia na lábia

As características de quem trai é ser um ótimo manipulador e persuasor. O traidor elabora, estuda e analisa o terreno, a sua presa, e possui visão de caça. É um ótimo caçador. Extremamente criativo, elabora uma mentira para esconder a mentira anterior. Por isso a necessidade de dar corda ao traidor até que ele se enforque com ela.

Alguns que foram descobertos traindo, tentaram justificar que não disseram toda a verdade porque ficaram com dó de magoar a outra pessoa, como se isso fosse pateticamente aliviar a dor de uma traição! Que absurdo!

A pessoa traída se sente uma otária, uma imbecil. O que dói mais não é nem o flagra de uma traição, mas o quanto ela não percebeu nada, pois não havia desconfiado de nada. Quer algo pior do que isso? Traidor, que diferença faz pensar em não dizer toda a verdade pelo fato de achar que iria magoar a outra pessoa?

Sendo franco, a tentação é muito forte

Uma coisa não se pode negar, quem trai sente um friozinho na barriga, o coração batendo mais forte, o suor frio. Esta explosão de adrenalina faz pensar que a traição vale a pena, mas não vale, nunca valeu.

A melhor maneira de aprender a se tornar invisível aos pais ou ao cônjuge é dizendo a verdade, porque quando se diz a verdade, se conquista a confiança e como resultado se ganha mais liberdade.

Leandro Tissiano

LOGO TIPO TISSIANO 150

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s