Natal e Ano Novo magrinho, magrinho

brasil-pessoa

A ingratidão é muito perigosa. Eu mesmo me pego algumas vezes reclamando das coisas, mas, paro por um instante e digo a mim mesmo, calma, poderia ser pior.

Penso nas coisas importantes e impalpáveis que possuo, no que eu conquistei até o momento, e em silêncio, peço desculpas e agradeço.

Mas confesso que manter a perspectiva correta das coisas não é fácil. Olhe para o cenário que o Brasil está. Percebe o caos econômico que atravessamos? Corrupção, corrupção, corrupção. Podridão, podridão, podridão. Que pesadelo estamos presenciando.

Aqui em minha cidade, por onde ando, nas lojas e comércios por onde passo só há alguns itens que mostram a época do ano em que estamos. Os enfeites carregados de Natal, as luzes cobrindo tudo, não, não estou vendo nada disso, e acredito que em muitas cidades o clima de baixo astral está o mesmo.

A nossa luta não acabou. O Brasil por muitos anos foi explorado, alvo de saqueadores de colarinho branco, e a população passiva, finalmente despertou de suas ilusões.

Daqui para frente, nós cidadãos seremos os fiscalizadores, os contadores e financeiros, ou melhor, os auditores de cada governante e prefeito, seja uma cidade pequena, com alguns milhares de cidadãos de bem, ou as grandes metrópoles com milhões de pessoas.

É seu direito fiscalizar os que estão em cargos públicos, porque o salário deles é você quem paga. Em vários locais onde se trabalham funcionários públicos tem uma placa indicativa com a frase: “Ofender Funcionário Público no Exercício da Função dá Prisão – Artigo 331 do Código Penal.”

Por muito tempo eu pensei que esta placa também dá direitos ao mal funcionário público de lhe agredir verbalmente, de mentir, de não falar toda a verdade, e você não poder se defender, porque qualquer acusação sua pode ser interpretada como sendo desacato a autoridade e você ser preso por isso.

Mas agora as coisas estão finalmente mudando, em tudo. Na conta de água, Luz, IPTU, não importa, desconfiou de algo, reclame, investigue, faça valer os seus direitos.

Vereador, Senador, Deputado, quem quer que seja em sua cidade, investigue, passe um pente fino. Descubra o porque o candidato entrou “pobre” no cargo público e ficou “rico” sendo político. Porque político não ganha pra ficar rico, nunca ganhou pra isso.

O mesmo vale para quem possui cargo de Consultor, Analista da Receita Federal, Fiscal, Secretário, ou qualquer outro cargo público. Eles não ganham para ficarem ricos. Cargos públicos, nenhum deles recebem salários para ficarem ricos. A renda deles não é suficiente e nunca será para viverem ostentando. Você entende isso?

Não é porque precisamos manter as esperanças e olharmos com a perspectiva correta as coisas em nossa volta que vamos pensar que político e corrupto sempre serão assim mesmo e desistirmos de lutarmos por nossos direitos.

Quanto mais se mexe na sujeira política do País, mais se descobre coisas ruins, não é verdade? Ao contrário de desanimar, precisamos entender que nós brasileiros estamos fazendo uma faxina, se não a sujeira volta e fica pior.

Então, descubra em sua cidade o nome de todos os políticos e empresários envolvidos na política de sua cidade. Verifique o que está sendo feito com o dinheiro arrecadado, se estão declarando, o poder social e econômico de cada um deles, se estão envolvidos com pedofilia, desvio de recursos, politicagem, sonegação, crimes, ficha suja, corrupção, bandidagem, tráfico, prostituição, abuso de poder, não importa o que seja, é direito seu investigar sim. Sabe por quê? Você aceitaria conviver normalmente e pacificamente  em sua casa com pessoas que praticam estas coisas que eu relacionei acima? É claro que não? E por que aceitar pacificamente como normal estas pessoas no poder? E o que é pior, você pagando o salário delas?!!!!

Por mais que este Natal esteja magrinho e as pessoas cada vez mais descrentes, não é hora de deixarmos a peteca cair. Independente de você ser uma pessoa da alta sociedade ou como a maioria de nós brasileiros, gente simples e humilde, existe uma coisa que você tem, independente de sua classe social ou graduação acadêmica, que se chama, CONHECIMENTO de CAUSA, em outras palavras, levamos tanta surra da corrupção, que estamos mais do que experientes para sabermos e termos certeza de que precisamos varrer de uma vez por todas esta roubalheira que fizeram com o nosso País. Chega! Basta!

É inevitável nos sentirmos otários ou passarmos por otários algumas vezes, mas permanecermos no erro é burrice.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

3 thoughts on “Natal e Ano Novo magrinho, magrinho

  1. Leandro, leio diversos posts seus e eles refletem o sentimento predominante no Brasil e no mundo. A cada 30 ou 40 anos, o país passa por um momento de indignação, reflexão e busca por mudanças. O último foi em meados dos anos 80, com o fim do comunismo e redemocratização do Brasil.

    Estamos passando por outro período de disrupção, pedindo pela atualização do sistema político e econômico. Novas ideias estão surgindo, especialmente as de cunho liberal, pedindo por um Estado menor, mais eficiente e menos assistencialista. A questão reside no fato do extremo apego do brasileiro ao auxílio estatal e à dificuldade de quebrar alguns tabus, como o combate ao empreendedor, a dependência de saúde, educação e previdência estatais (comandados por políticos) e a redução do poder da classe política. O brasileiro precisa pegar de volta o controle do seu destino e tirá-lo das mãos dos políticos.

    Apesar de tudo, tenho uma visão positiva de toda essa indignação e revolta, pois o sistema político atual está em lenta e paulatina derrocada, para se desintegrar em cerca de 10 anos. Por outro lado, o povo ainda não está preparado para o novo modelo e precisa estudar e se aprimorar muito para que a mudança ocorra plenamente. O esforço individual e a divulgação de novas ideias podem acelerar o processo, mas a derrota do establishment atual é inevitável.

    O futuro está em nossas mãos. Não nas dos políticos. Parabéns pelos posts e pelo seu trabalho.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s