Qual será o futuro do nosso Brasil?

brasil

Quando delinquentes peitavam os policiais, mesmo estando algemados, achávamos tudo um verdadeiro absurdo.

Quando assistíamos na TV menores “tirando onda” de Jornalistas que tentavam entrevistá-los perguntando se estavam arrependidos do crime, ficávamos horrorizados.

Quando víamos traficantes muito bem aparelhados na cidade que deixou de ser maravilhosa a muito tempo, do alto dos morros com as suas potentes metralhadoras atirando para todos os lados, enquanto policiais se defendiam com revólveres 38, ficávamos chocados.

Quando milhares morriam nas filas de hospitais por falta de atendimento médico, em locais em péssimas condições de conservação, nos calávamos e orávamos em silêncio.

Quando delinquentes estudantis quebravam salas de aula e tocavam fogo na escola sentíamos medo de deixar os nossos filhos irem estudar.

Quando saíamos para trabalhar, percorrendo corredores estreitos e escuros, caminhando por vielas e ruas desertas, não tínhamos certeza se voltaríamos a salvo para casa.

Quando entrávamos em comércios e lojas voltávamos frustrados por termos tão pouco dinheiro, nem mesmo o suficiente para suprirmos as necessidades básicas.

Quando colocávamos as nossas esperanças em esportistas, artistas ou celebridades, devido a falta de super-heróis, eram estes os nossos heróis, altamente idolatrados por nós, porque somente eles nos faziam rir.

Mas é claro que durante esta época, os mais favorecidos nunca olhavam para os mais necessitados.

O rapaz e a moça de família rica ou poderosa, na sua grande maioria, nunca entenderam ou sentiram na pele o que era passarem dificuldades, nunca deixaram de se divertirem para doarem de seu tempo ou recursos em prol de ajudar os mais necessitados.

E os mais necessitados quando recebiam ajuda em dinheiro, mas não eram treinados e educados para conseguirem se desenvolverem profissionalmente para ganharem o seu próprio dinheiro, começaram a esmolarem, roubarem ou assaltarem, porque era mais fácil.

Por todo o lado que se olhava, o jeitinho brasileiro, em todas as esferas de nossa sociedade, pendia para a malandragem, para o pensamento de lesar e tirar vantagem em cima de outra pessoa.

Chegamos ao nível mais crítico quando criminosos começaram a ser libertados, quando psicopatas foram soltos para conviverem em sociedade, quando pedófilos tiveram pena reduzida e Serial Killers puderam ganhar a liberdade por bom comportamento.

E para piorar ainda mais, começamos a ver culpados virando inocentes e inocentes virando culpados.

As leis e normas foram desafiadas, rasgadas e queimadas. O senso moral virou piada, e nem mesmo pessoas da mais alta cúpula de nosso País respeitaram as próprias leis ou as colocaram em prática.

Com isso a Anarquia foi se estabelecendo em nosso País, pois toda a maioria política da nação agiu com desdém perante as nossas leis, e a população começou a entender que o Brasil, sem dúvida era uma Terra de ninguém.

O perigo de todo esse caos foi que a “Ordem e Progresso” foi quebrado, pois não há “Progresso” sem uma “Ordem” estabelecida.

O maior resultado disso foi através da Corrupção, por isso que Corrupção precisa ser encarada como “Crime Hediondo”, prisão perpétua ou pena de morte.

Mas, não foi o que os magistrados quiseram fazer, com isso, começou a surgir um outro Brasil, onde as pessoas começaram a fazer justiça com as próprias mãos.

Quando um policial já tinha um bandido rendido e algemado, ele sabia que aquele criminoso seria libertado, pois não havia mais espaço físico dentro das cadeias, por isso ele levou o bandido algemado até um local longe da vista das pessoas e executou o criminoso.

Quando populares perceberam que chamarem a Polícia daria ao menor delinquente a oportunidade de matar novamente, não tiveram dúvida, passaram a espancar em praça pública os menores e tiraram a sua vida.

As pessoas foram se armando, o cidadão comum foi se protegendo como podia, fazendo aulas de autodefesa, pegando licença de porte de arma, criando vínculos com policiais, militares, ou civis justiceiros.

A desconfiança se instalou, o País foi virado de ponta cabeça, e literalmente a ordem era: “Matar ou Morrer”, “Cada um por si”, “Salve-se quem puder”.

Eu não quero ver o meu Brasil se transformar em um Continente Africano, ou que a Guerra Civil destrua este País e transformem este País em uma Síria.

Nós, os cidadãos de bem, precisamos tomar o controle de nosso País novamente, precisamos limpar este País dos corruptos imediatamente.

Precisamos salvar a nação, pois o futuro será destrutivo. Eu não quero isso para as próximas gerações.

É importante que você artista, comediante, cantor famoso, apresentador, comentarista, jornalista, qualquer gerador de opinião que possua vários seguidores se manifeste de qual lado você está. Não dá mais para assistirmos o Brasil se desfazendo em pedaços.

Precisamos recuperar a ética e a moralidade imediatamente. Vamos fazer a nossa parte.

Leandro Tissiano

LEANDRO TISSIANO FUNDO DE TELA 0002

Do que a Rede Globo tem medo?

O que estão tentando nos esconder?

Nos últimos meses a Rede Globo vem tomando decisões polêmicas, pois está mexendo diretamente na cultura de nosso País.

Não vou entrar em detalhes porque no mínimo, se você leitor, tem acompanhado as notícias, sabe do que eu estou falando.

Mas o que eu gostaria de abordar é algumas perguntas que estão ficando no ar, por exemplo, qual o objetivo da Rede Globo peitar a Sociedade Brasileira? Por que a Rede Globo está levantando a bandeira em assuntos considerados polêmicos? Qual o objetivo da Rede Globo estar dando voz à uma minoria de pessoas, e não levando em conta assuntos relacionados de maior importância pela maioria dos brasileiros? Do que ela tem medo?

Na minha opinião, a Rede Globo está tentando tirar o foco de algo que possa comprometê-la, já pensou nisso leitor? Quando você está na mira de algum problema, de alguma investigação, de alguma possível análise de envolvimento com a corrupção, você precisa tirar o foco de cima de você. E então o que você faz? Você cria um problema ainda maior, você inventa qualquer coisa que possa desviar a atenção das outras pessoas. Seria esta a estratégia da Rede Globo? Criar um caos moral no País para gerar ainda mais confusão e sair ilesa pelos fundos, sem ser notada?

Por que eu penso assim? Porque a Rede Globo sempre defendeu e levantou a sua bandeira de ser imparcial, de possuir uma central de jornalismo ético, transparente, verdadeiro, e principalmente independente. Como ficaria a reputação da Rede Globo se com esta onda de corrupção em todos os setores da política, ela também estivesse envolvida com grandes esquemas, ou até mesmo com a possibilidade de ser uma forte influenciadora de opiniões, tirando ou colocando quem ela quisesse do poder? Teria a Rede Globo recebido propina?

Desculpe pela simplicidade deste exemplo que vou contar, mas voltando ao exemplo anterior, seria o mesmo que você incitar duas pessoas a brigarem entre elas, enquanto você sai de fininho, sendo que você foi o verdadeiro culpado pela confusão criada.

Volto a perguntar, o que a Rede Globo está tentando esconder da Sociedade Brasileira? Por que ela tem tomado estas atitudes absurdas de destruir as famílias que prezam os bons princípios? Por que ela está tirando o foco de assuntos considerados muito mais relevantes, como a corrupção que destruiu o nosso País e que está agora querendo acabar com o pouco de dignidade que nos resta? Vamos virar o País do caos moral e social também? Já não basta o financeiro e o político?

Estão perdendo financiamento?

E por falar em aspectos financeiros, outra linha que podemos levar em conta é que tudo tem um objetivo comercial envolvido. Para a Rede Globo estar determinada a seguir com sua afronta às nossas famílias brasileiras é porque talvez existam financiamentos de grupos, ou quem sabe até de organizações que defendam as mesmas ideologias que a Rede Globo está tentando empurrar goela abaixo de seus telespectadores, visando acordos comerciais que envolvam muito dinheiro.

Eles não causariam este rebuliço todo na cultura brasileira, e nem tirariam a estabilidade da nação brasileira se não estivem envolvidas estas duas questões, o desvio do foco e interesses financeiros.

Uma questão à se pensar

Todos nós sabemos que a criminalidade está afetando todas as cidades, mas uma em especial, que me entristece muito, é a cidade do Rio de Janeiro.

A cidade do Rio sem dúvida é um cartão postal, mas pense por um momento, se tudo em sua volta estivesse ficando cada vez pior, você correria o risco de continuar morando na mesma cidade, sabendo que você possui todas as condições necessárias para se mudar de lá? Ainda assim você permaneceria de baixo de fogo cruzado, brigas entre traficantes, e todo o caos gerado pela violência e o domínio de bandidos? Eu não, e acho que você também não, pelo menos acredito que nós temos amor em nossas famílias e buscaríamos proteção em outro lugar. Os que ali permanecem talvez não tenham condições econômicas de se mudarem, ou estão envolvidos com projetos que não lhes permitam partir.

Mas imagine agora a Rede Globo com todo o seu valor de mercado, com todo o seu patrimônio. Eles possuem total condições de se mudarem do Rio.

Mesmo que a Rede Globo esteja próxima das favelas da Rocinha, Complexo do Alemão e outras, ainda permanecem no Rio.

Por que eles continuam ali? Eles não temem uma invasão? Eles não temem o sequestro de seus atores globais? Não temem uma guerra de traficantes? Não temem as balas perdidas? Por que tanta confiança?

Questões para se pensar…

Leandro Tissiano

Por que todo político corrupto não quer largar o “poder”

O “poder” é tentador, e quem disser que não, é mentiroso. O “poder” gera para a pessoa uma posição favorável na sociedade, ou status.

Aquele que possui “poder”, onde ele entra, já é reconhecido. Outros, até mesmo aplaudidos. Sem dúvida o “poder” é tentador.

Agora, pense no tipo de “poder” que os nossos políticos usufruem. Pense que você, neste instante, esteja incorporando um cargo público em sua cidade.

Pense que você lutou muito para conquistar o seu espaço ao sol. Você então passou a exercer uma função pública. Agora as coisas “materiais” começaram a ficar mais abundantes em sua vida. Você não mora mais na periferia, mas passou a residir em um bairro melhor localizado na região central de sua cidade.

Nesta nova casa o piso é de porcelanato e granito. Você decorou a sua casa com gesso e móveis sob medida. Conseguiu construir até mesmo um ôfuro e uma pequena sauna.

Você então chama os seus novos amigos, pessoas influentes da política, conhecidos na região. Uma mesa com muita comida e bebida é preparada para recepcioná-los.

Ao entrarem, todos lhe abraçam, e lhe fazem dezenas de propostas e pedem a sua ajuda e o seu comprometimento.

Dizem que você está chegando agora e que para que você se dê bem, é necessário criar alianças com eles.

Você se intimida com o tom insinuante da voz, titubeia, mas para parecer não ser tão radical, diz que vai pensar nas propostas.

Eles querem o seu apoio, afinal, você também possui o “poder”, lembra-se? Embora você saiba que existem coisas não tão claras e honestas envolvidas, você pensa nos benefícios que estas parcerias vão gerar em sua vida.

Algum tempo se passa, e você alcançou outros objetivos materiais. Você conseguiu comprar um novo veículo, só que desta vez, não tem como passar despercebido onde você vai com o seu carro. Ele é lindo, esportivo, caro, um carro que desperta a curiosidade das mulheres que começam a surgir cada vez mais em seu caminho.

O tempo passou e você conseguiu conquistar algumas outras propriedades, entre elas, uma linda chácara no interior, onde você passa momentos agradáveis com a família e com seus amigos.

Todos lembram de você, você recebe muitos convites para festas. As pessoas querem você perto delas. Como o dinheiro passou a ser algo comum em sua vida, não custa nada ajudar um pouco outras pessoas, e assim você faz. Com isso mais pessoas lhe admiram, e muitos carregam o seu nome até mesmo estampado em suas camisas.

Você olha para as coisas que você possui e se sente muito feliz.  Pensa em outros objetivos e se prepara para alcançá-los.

Agora, você pensa em novas oportunidades de crescimento, e pensa que pode realizar coisas maiores. Com isso em mente você segue adiante em sua carreira política. O objetivo agora é a capital de seu estado.

Os seus aliados indicam outros aliados, desta vez, mais poderosos e influentes. Como você levou bem a sua carreira pública em sua cidade, e não foi acusado de desvio de comportamento, você segue confiante.

Você sabe que o seu salário público não lhe permitiria possuir tudo o que você conquistou. Mas você foi esperto, soube disfarçar e manter os seus patrimônios.

Quando você entrou no “poder” público, você passou a entender que a melhor estratégia seria usar o seu “poder” a seu favor, mesmo que os seus aliados, inicialmente não fossem amados por você, mas o seu “poder” agrupado com o “poder” deles, lhe deixaria muito mais forte e indestrutível. O seu “poder”, antes direcionado à ajudar a sua comunidade, não lhe gerava mais “poder” do que a alienação com os seus parceiros.

Você entendeu que dividir o seu poder com as pessoas que você ama, com os seus amigos e parentes lhe conferia mais poder, do que dividi-los na sociedade.

Então você se perguntou: “Eu abriria mão de tudo, sobrevivendo apenas de meu salário e lutando por questões que a população cobra de mim?

Eu abriria mão do “poder” e voltaria a morar na periferia, possuindo uma vida humilde, quietinho no meu cantinho, sem preocupações e ostentações?

Depois que você conheceu os benefícios que o “poder” lhe deu, você não quer perdê-los. Depois que você se transformou no centro das atenções, você não quer se transformar novamente naquele “desconhecido” e muito menos “esquecido” por todos.

Quando você era uma pessoa comum, você passava despercebido. Quando você conheceu o “poder”, muitas conquistas você alcançou, mesmo sabendo que os caminhos que você trilhou foram sinuosos.

Você hesita por um momento, mas uma força poderosa lhe impulsiona para frente, é a sede pelo “poder”. Ele lhe espera na capital de seu estado.

Nada pode lhe segurar, você se ajoelha e agradece. Levanta-se, faz um giro de 360° graus, inspira profundamente com os olhos fechados e sente uma sensação tentadora, é a satisfação de ter alcançado o “poder”.

Você abriria mão de tudo isso para ser honesto? Íntegro? Transparente e ético? Entende agora porque a maioria dos políticos mentem? Entende agora porque eles não abrem mão do “poder”?

Você abriria?

Leandro Tissiano

Salvem o Rio de Janeiro

Resultado de imagem para foto maravilhosa do rio de janeiro

imagem da internet

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa. Você já teve a oportunidade de visitar o Rio? Eu, particularmente não, e talvez nem queira, devido a violência que está destruindo o cartão postal de nosso País.

O povo carioca não merece este tipo de tratamento. O Rio de Janeiro é uma das cidades do Brasil mais lembrada no exterior.

Ver o tráfico tomando conta de tudo, mandando fechar comércios, desviando o trânsito, proibindo o ir e o vir das pessoas, dominando bairros inteiros, matando quem cruza o seu caminho, tudo isso é inacreditável, eu não consigo encontrar outra definição.

O País assiste tropas do Exército deslocando os seus blindados e tanques de guerra pelas ruas apertadas da cidade, enquanto centenas de pessoas se deitam no chão, numa demonstração clara de guerra.

Eu me pergunto se existe algum interesse não declarado de órgãos, instituições e de políticos envolvidos com o tráfico do Rio, porque até hoje não se conseguiu barrar a criminalidade.

Se o tráfico manda e desmanda na região, em algum momento este domínio deve estar alimentando uma propina violenta que está fazendo valer a pena, porque não é possível que uma cidade turística como o Rio de Janeiro permita perder o seu turismo e a sua fonte de renda, dando lugar à um cenário devastador de desordem e caos.

A violência se instalou de uma forma tão forte no cotidiano das pessoas que após uma rajada de balas, as pessoas se levantam, batem a poeira da roupa e a vida segue adiante. Este cenário assustador já virou rotina. Mais uma vez eu digo, é inacreditável.

O que falta para tornar o Rio uma cidade maravilhosa novamente? Com tanta tecnologia hoje em dia, com o uso de Drones, não é possível que as autoridades não localizem quem alimenta o tráfico.

Temos até mesmo aviões não tripulados que podem voar a grandes altitudes e buscar com as suas câmeras poderosas uma moeda de 10 centavos no asfalto.

Não é possível que não exista ainda uma tecnologia para mapear todo o Rio de Janeiro, as entradas e as saídas do tráfico.

Sinto que isso ainda não foi feito porque deve existir alguma razão financeira que faça o tráfico valer a pena mesmo com toda a sua violência e caos que se fazem presentes.

Repito, o Rio de Janeiro não merece isto. A população de bem, que acolhe com carinho os seus visitantes, não merece isso. O povo do Rio é acolhedor, simpático e anfitrião. Assistir adolescentes carregando fuzis, roubando pessoas nas calçadas e terminais de ônibus, debochando da Polícia, não é possível isso ser encarado como normal.

Rio de Janeiro, vocês não merecem isso. Voltem a lutar, defendam a sua cidade, cuidem com carinho deste patrimônio que é de vocês, e não do tráfico.

Unam-se, vocês são a maioria. Nesta hora não existem diferenças entre quem é de esquerda ou quem é de direita. Unam-se numa causa nobre de limpar o Rio de Janeiro destes marginais.

Se existe corrupção alimentando o tráfico, vocês são maiores do que a corrupção, vocês são cidadãos do bem. Por favor, não deixem o Rio de Janeiro morrer. Salvem o Rio.

Caminhar nesta cidade maravilhosa, caminhar na margem de suas praias, ouvir uma boa música MPB tomando uma bebida refrescante em seus bares charmosos, por favor povo carioca, não permitam que esta beleza natural que só o Rio de Janeiro tem, se perca na mira de um fuzil. Não permitam que isto aconteça.

Vão às ruas, exijam os seus direitos, cobrem os seus representantes políticos, não descansem enquanto a bandidagem estiver acordada.

Quantas vidas ainda precisarão ser perdidas para que a população do Rio de Janeiro viva dias melhores?

Que Deus ajude vocês! Amém!

Leandro Tissiano

A fina película de nossas vidas

Quantas histórias contamos aos nossos filhos pequenos antes que eles adormecessem? Quantas discussões idiotas os filhos tiveram com os seus pais porque se achavam os mais fortes e os mais espertos?

Quantas oportunidades foram aproveitadas ou desperdicadas no decorrer de nossas vidas? Quantas coisas conquistamos nos anos de vida até este momento?

Quantos planos ou estratégias desenvolvemos no percorrer de nossos caminhos? É muito bom quando falamos de nossos pontos fortes, das experiências que serviram de lições em nossa maneira de viver, e como influenciaram os nossos caminhos.

Mas é desagradável quando falamos de nossos pontos fracos, de nossos defeitos ou deficiências. Uma coisa é certa, nada disso importará quando um objeto cilíndrico e luminoso cruzar os céus e apontar em direção ao solo.

Nada disso será importante quando um clarão abrir uma cratera gigantesca e espalhar uma onda de choque que fará todos os nossos sonhos, homens e mulheres, crianças e jovens, velhos ou bebês desaparecerem em segundos.

Toda a nossa história, todos os nossos medos e alegrias, tudo o que construímos podem virar poeira radioativa.

Nestes momentos de reflexão, percebemos o quão frágeis somos como seres humanos, e o quão insignificantes são as nossas vidas.

É triste e ao mesmo tempo apavorante as possibilidades de uma 3 Guerra Mundial. O cerco está se fechando, as nações estão se desafiando cada vez mais.

Um cenário apocalíptico, em que não se saberá qual poderá ser o resultado final diante desta trágica guerra.

Seremos varridos como uma fina película de pó? Mesmo que isso possa acontecer, aproveite bem cada momento especial que você tenha, pois nunca o futuro esteve tão incerto quanto está agora.

Que tenhamos a misericórdia e o perdão de Deus, pois quem causa todo o mal é o homem, e não o Criador.

Quem desenvolve armas de destruição em massa é o homem. Quem separa as pessoas e semeia o ódio, é o homem.

Quem mente, engana, rouba, estupra e mata é o homem. Quem altera o clima, desvia rios, destrói florestas, polui os mares e o ar é o homem.

Quem tira a vida de pessoas inocentes é o homem. Deus não é o responsável por estas tragédias. As religiões torcem pelo arrebatamento, outras torcem pela exclusividade de serem os escolhidos, outras torcem para que outros sejam queimados para sempre no inferno.

Os que não acreditam em Deus falam da lei da sobrevivência, da exterminação da raça humana. Não pense que isso é um jogo de futebol onde existam torcedores de um lado e do outro lado esperando pra dizerem: “Viu! Nós estávamos certos!”

Não pense que isso é uma partida de futebol onde vença o melhor. Não pense que a sua religião é a mais propícia ou a mais indicada para a salvação.

Aliás, as religiões são compostas por homens, e como já mencionei, os homens são falhos. Não será importante a religião que você pertence, o importante será você se dobrar em humildade, em pó e cinzas.

Agora não é a ocasião para torcer ou vibrar. Agora é o momento para se refletir em sua existência.

O único responsável em dizer sim ou não a sua existência é aquele que o criou. Portanto, respeite-o. Não julgue quem se salvará ou quem morrerá. E quanto ao dia, ninguém saberá, nem mesmo se você sobreviverá ou não.

Humildade, fé e oração. Estas serão as suas credenciais.

Leandro Tissiano

A felicidade tem um preço e você pode pagar por ela

Imagem da internet

O consumismo sempre fez parte do cotidiano de uma sociedade. Se não tem como comprar algo que tanto deseje, provavelmente a pessoa não se sentirá feliz. É assim que muitos pensam.

A infelicidade gerada pela necessidade de se possuir algo, sem que tenha condições para isso, pode se transformar em um terreno fértil para se gerar um sentimento de inveja por outras pessoas que possuam aquilo que outros desejem.

Perguntas como, “por que dá certo para ele e não dá certo pra mim?” “o que eu fiz de errado?”, são apenas duas das centenas e até milhares de indagações que tenhamos.

Tudo é uma questão de escolhas e prioridades na vida. A mídia comercial sempre vai bombardear as pessoas incentivando que elas consumam algo, que provem ou que experimentem. Ela sempre vai trabalhar os cinco sentidos da vida, que conhecemos como “visão, audição, paladar, tato e olfato”.

Todo produto ou serviço virá com uma forte carga emocional de persuasão para que também sintamos a necessidade de experimentar algo que ainda não tenhamos adquirido.

Eu já frisei aqui no Blog algumas vezes que a felicidade baseada em condições externas ou naquilo que possamos tocar, pode se transformar em dependência, ansiedade e até mesmo em uma doença.

A pessoa consumista pode se transformar em escrava da moda, do status ou da tecnologia, ou seja, ela nunca se sentirá livre.

O site BBC trouxe uma matéria interessante sobre isso, que faz com que a pessoa reflita sobre o consumismo, destacando a vida de pessoas minimalistas que encontraram na simplicidade a verdadeira liberdade. Veja aqui

Volto a frisar que a pessoa que dá à ela mesma uma recompensa por seus esforços é algo saudável. O problema é quando a pessoa consome mais do que ela pode pagar.

Leandro Tissiano

A intolerância e o preconceito destroem as boas relações

OLHAR DE INDIFERENÇA E MENOSPREZO PSDFM

A vida dá muitas voltas, muitos altos e baixos. Só isso seria o suficiente para se respeitar as pessoas. Mas muitos preferem se arriscar em diminuírem os seus semelhantes, em depreciar e desprezar outras pessoas, uma forma de alimentarem o seu ego.

Em pleno século 21 ainda vemos o menosprezo por outros, seja algo relacionado a cor, raça, cultura, opção sexual, classe social, classe cultural, e outras diferenças.

O fator determinante muitas vezes é medido a base dos bens que a pessoa possui, onde ela mora, quanto ela ganha, ou o poder que ela exerce sobre outros.

Continue lendo…

Não permita que pessoas más dominem os seus pensamentos

ESSÊNCIA PRO SEU DIA FICAR MELHOR

Cristian respirava profundamente tentando controlar a adrenalina que corria em seu sangue. Com os seus punhos rígidos e as suas mãos fechadas,  contava até dez para não explodir em fúria.

Uma mistura de “não faça isso, você vai se arrepender mais tarde” com “vai pra cima e soca a cara dele” martelava a sua cabeça.

Cristian conta até dez novamente, e recua. Ele estava em total condições de neutralizar o seu opressor, mas o tempo lhe mostrou que controlar a sua ira era ainda mais difícil do que resolver as suas questões e diferenças na base da força.

Cristian não era um policial tentando defender a sua vida diante de um perigo iminente, ele era apenas um subordinado tendo que lidar com o ego exagerado de seu supervisor.
Continue lendo…

Cuidado com os disfarces no campo profissional e pessoal

rosto-feminino-001

Por quanto tempo uma pessoa consegue se comportar como ator? Algumas pessoas gostam de interpretar na vida. Atuarem como maridos, esposas, empregados ou patrões. Você conhece alguém nestas condições? É alguém que você ama? É um amigo? O seu empregador? Ou você mesmo que anda atuando? Cuidado com o seu disfarce.

Disfarçando as reais características

Um dos piores enganos é uma pessoa tentar ser o que ela verdadeiramente não é. Imaginem esta pessoa atuando ou fingindo ser um personagem que ela tenha criado e que exista apenas em sua cabeça. Não se pode ser ator por muito tempo.

Quantos se utilizam de disfarces para esconderem as suas reais personalidades ou para potencializarem os disfarces de suas deficiências. Não se pode enganar por muito tempo.

É melhor sermos nós mesmos, caso contrário, um dia o disfarce cai e a vergonha será maior.

Continue lendo…

Ramblas – Barcelona – Quem precisa do nosso carinho e respeito?

A melhor forma de combater o ódio é através de ações de bem. Os terroristas querem se afirmar perante a sociedade que não pode cair no jogo deles.

Para um fanático religioso, não existem pontos de vista diferentes, existe apenas o que ele acredita ser o certo a se fazer, mesmo que seja atirar uma van em alta velocidade contra pessoas inocentes.

Os jornais e meios de comunicação que são apaixonados por tragédias, em respeito às vítimas e seus familiares, deveriam mostrar em seus veículos de notícias, uma outra maneira de apresentar as suas manchetes.

Ao invés de dar destaque aos corpos de pessoas jogadas nas ruas de Ramblas, Barcelona, ao invés de dar destaque ao caos e a desordem que o atentado trouxe à cidade, eles deveriam homenagear em todas as suas páginas de notícias, virtuais ou impressas, as vítimas deste atentado. Descobrir quem elas eram, descobrir quem são os sobreviventes, o que fazem, o que possuem de bom para mostrar à sociedade, não os atos terroristas de loucos, a sociedade não pode aceitar estas demonstrações bárbaras de violência.

Talvez alguns digam: Não podemos tapar o sol com uma peneira, não podemos fingir que estamos bem, não podemos passar a mão na cabeça. Os veículos de notícias são neutros, mostram apenas a realidade, são imparciais. Perdão, não concordo, eu não tenho como ser imparcial diante de um ato de extrema violência.

Não é isso que eu estou tentando dizer. Pare e se coloque no lugar destes terroristas. O que alimenta este ódio deles? É justamente mostrar na TV, Rádio e Jornais do que eles são capazes. A criatividade deles à favor do mal não possui limites.

Tudo o que vai para a mídia relacionado à eles, é como se fossem troféus, por isso que eles rapidamente se manifestam assumindo a autoria do atentado. Se eles tivessem remorso, vergonha ou medo, ficariam calados!

Os terroristas possuem um ego elevadíssimo e gostam de ganharem destaque na mídia. Não são eles que devem ganhar este destaque, mas todas as vítimas. Elas é que precisam serem honradas. Como eu mencionei, os extremistas sentem, perdão da palavra, um orgasmo mental quando olham suas barbaridades nos veículos de notícias.

Não dê à eles esta visibilidade, mesmo que fazer isso diminua as vendas de suas manchetes. Respeitem este momento e honrem as pessoas de bem, não estes monstros.

Leandro Tissiano

Dia dos pais – se você tiver a honra disso

Poder & Manipulação – Jacob Petry – Resenha

Resultado de imagem

Eu não costumo fazer resenha aqui no Blog, mas fiquei motivado a comentar sobre este livro “Poder & Manipulação” do autor: “Jacob Petry”, que faz uma análise sobre a obra original “O Príncipe, de Maquiavel”.

O objetivo deste post é apenas levantar algumas questões e saber qual a opinião de vocês, visto que, o tema central do livro é entender o porquê as pessoas manipulam outras, a fim de alcançarem os seus objetivos, nas áreas: Profissional, Emocional, Financeira e Religiosa.

Continue reading “Poder & Manipulação – Jacob Petry – Resenha”

As leis no Brasil são frágeis e imorais

Uma onda de violência, revolta e medo tem tomado as pessoas nestes últimos anos.

É óbvio que a maioria torce para que o bandido seja julgado e preso, enquanto a vítima saia ilesa de uma situação de risco.

O sangue ferve quando vemos pessoas de bem se tornando reféns de bandidos, e a vontade de fazermos justiça com as próprias mãos cresce a cada dia.

Não é fácil sermos as vítimas que clamam por ajuda, enquanto as forças de segurança, criadas para este propósito, de protegerem a população, mal conseguem trabalhar, visto que prendem hoje e soltam no dia seguinte.

A sociedade de bem está acuada, sofre em silêncio, e mesmo que as pessoas reconheçam que o vizinho é alguém perigoso, que oferece riscos aos seus entes queridos e outros vizinhos, ela não o denuncia, pois sabe que a Polícia vai embora, mas o mal vizinho não, e o que é pior, que ele pode voltar e matar, fugir do flagrante e responder em liberdade, enquanto você, pensando em ter feito o que era correto, para proteger a sua família, pelo contrário, a expôs ainda mais quando você o denunciou, e por isso perdeu a sua vida. Ironicamente, deixar de fazer o que é certo, é que pode proteger a sua família.

As leis de nosso País, quando colocadas em análise, possuem muitas brechas, é confusa, mal elaborada, e abrem precedentes para que bandidos sejam soltos, nos deixando a triste sensação de que o crime, de fato compensa.

Eu tenho conversado muito sobre isso com colegas de trabalho. A maior parte das nossas leis dão direitos iguais de defesa, tanto para inocentes quanto para culpados.

O mesmo direito de defesa vale para pais de família que lutam para cuidar de seus filhos, quanto para criminosos assassinos. Juridicamente isto é possível.

Eu me pergunto, qual a diferença em se matar uma pessoa inocente de uma forma bárbara e repugnante, fugir do flagrante e responder em liberdade alguns dias depois? O criminoso perdeu o seu grau de periculosidade? Ele não é mais um criminoso? Pode responder em liberdade?

É revoltante saber que estupradores e pedófilos também possuem o direito de defesa, porque se utilizam destes artifícios para prorrogarem os seus julgamentos.

Por estas razões eu insisto em dizer que precisamos de um País com uma elevada moral, e com um grau descente de ética.

Com a moral e a ética trabalhando juntas, não se roubam, não se mentem, não machucam inocentes e não matam. A moral é limpa, incolor, e inodora, até porque quando há sujeira, cor e cheiro, a moral não é mais moral, porque ela não se polui. A partir do momento que ela se polui, deixou de ser moral, deixou de ser ética, deixou de ser cristalina.

Juridicamente um criminoso tem direito a defesa, e quanto mais ele puder pagar, quanto mais ele puder influenciar o júri, mais estará em liberdade. Ele irá negociar a sua liberdade.

Houve uma tremenda inversão de valores, e com isso, assassinamos a moral e a ética.

O que vemos hoje é um jogo de barganhar no poder, uma disputa por poderes, de mandar prender e soltar, enquanto nós inocentes, comemos o pão amargo desta vergonha em que se tornou o nosso País, onde a moral e a ética foram assassinadas.

Por isso eu reforço em dizer que sentimos o peso das irresponsabilidades políticas, nos campos executivo, legislativo e judiciário, enquanto mergulhamos em um futuro incerto e nebuloso.

Vejam o nível em que nós chegamos.

Leandro Tissiano

A verdade precisa ser falada doa a quem doer

Será que perdemos o foco? Será que já esquecemos as consequências que a corrupção trouxe ao nosso País?

O PT era o foco principal, ou nós lutávamos por um ideal maior? O fim da corrupção?

O PT sofreu as consequências de seus atos ilícitos, ele se fragilizou, se fragmentou, e em alguns estados perdeu completamente as suas influências, mas a questão levantada permanece, cadê o fim da corrupção? Onde está o nosso foco neste momento? Continua no PT ou na corrupção?

Será que tudo acabou em pizza novamente com o fim da Lava Jato?

Infelizmente, a corrupção não está arraigada apenas na política, mas ela está arraigada profundamente em nossa cultura.

Quer um exemplo? Quem nunca pensou em levar vantagem sobre outra pessoa?

Quem nunca pensou em levar para casa uma nota que um caixa eletrônico soltou a mais?

Quem nunca pensou em não devolver um produto que a atendente do supermercado não cobrou?

Quem nunca pensou em ter uma antena de TV (Skygato)?

E não pense que nós não justificamos as nossas ações, justificamos sim, pois se o caixa eletrônico soltou dinheiro a mais, qual o problema? O Banco é rico e rouba as pessoas. A atendente do caixa tinha que prestar atenção para não ficar no prejuízo, azar o dela! As TVs por assinatura são muito caras!

Poderíamos ficar falando sobre outros exemplos durante horas e horas.

Eu sei que é chato falar sobre isso, mas a nossa cultura, salvo ALGUMAS EXCEÇÕES, é assim.

Quando uma pessoa começa a progredir materialmente, emocionalmente ou fisicamente, já é motivo suficiente para outros pensarem que esta pessoa está roubando, ou está se comportando de forma suspeita, porque não era para ela dar certo, comentários e pensamentos muitas vezes motivados sob o efeito de uma pontadinha de inveja.

Por muitos anos eu ouvia brasileiros que moravam fora do Brasil dizerem que não há outro País mais acolhedor do que o Brasil.

Infelizmente, hoje em dia, não é mais assim. O povo está ressabiado, desconfiado de tudo e de todos. Está mais pesaroso, amedrontado, e acima de tudo, frio e indiferente, mesmo com turistas de outros países.

Mas, voltando ao foco “corrupção”, ela está profundamente arraigada em nossa cultura.

Quem sou eu para julgar o futuro se nem mesmo posso saber o que vai acontecer daqui algumas horas? Mas uma coisa é bem evidente, nós perdemos o foco contra a corrupção.

Qual o legado que fica com o fim da Lava Jato? Que no Brasil vale a pena ser corrupto? Que no Brasil quem rouba milhões e prejudica outros milhões de trabalhadores pode viver livremente? Que no Brasil sempre há uma brecha para bandidos escaparem? Que no Brasil o crime compensa? Que no Brasil as pessoas de bem são vencidas pelo cansaço? Que no Brasil basta tirar a corrupção do foco principal que tudo acaba em pizza? Que no Brasil nada de transparente e honesto pode dar certo?

Vou parar por aqui, afinal, não é este o propósito deste blog. Desculpem pelo meu desabafo.

Leandro Tissiano

Estou preparado para invadir Brasília!

Eu nem imagino quanto o município onde eu moro arrecada por mês, muito menos por ano. E se a Prefeitura dissesse que gastou “X” valor, eu não saberia se é verdade ou não.

Eu não sei o nome de nenhum vereador de minha cidade, e-mail, telefone ou endereço. Eu não conheço nem mesmo o nome dos partidos que os lançaram como candidatos.

Eu não tenho os antecedentes de cada político eleito onde eu moro, se possuem processos abertos, se respondem criminalmente ou se possuem ficha limpa. Não sei quais são os seus planos, as suas prioridades e os seus projetos, muito menos se estão honrando com as suas campanhas e promessas. Até onde eu sei são bons até que se prove o contrário.

Eu não acompanho nenhuma licitação feita pelo município, não sei quais são as empresas que prestam serviços na cidade, e nem imagino quais sejam os seus fornecedores.

Eu não verifiquei se os prestadores de serviços e mais os fornecedores da minha cidade, se os contratados pelo município e pela prefeitura, estão em situação regular, se realmente existem, se possuem empresas idôneas, com endereço e telefone fixo, se estão funcionando normalmente e desempenhando os seus trabalhos.

Eu não fui pessoalmente a nenhuma repartição ou setor público para verificar se os que estão ali trabalhando são realmente concursados ou se estão usando a máquina pública como cabide de empregos. Não sei dizer se há alguns amigos ou parentes mamando nas tetas do município.

Não uso os serviços públicos da cidade, como UPA´s, INSS, Postos de Saúde, Escolas, Creches, mas acredito que estão funcionando normalmente.

Eu não acompanho nenhuma assembleia na Câmara dos Vereadores da minha cidade, não participo de nenhum projeto, reunião de partidos,  sindicatos, não cobro, não fiscalizo. Nunca procuro saber o que é feito com o dinheiro arrecadado e muito menos para onde vai ou onde é usado este dinheiro. Eu não sei quais são os problemas de minha cidade e quais são as prioridades.

Mas uma coisa eu sei, aliás, outras coisas também. Eu sei onde servem a melhor pizza, eu sei onde fazem o melhor chope da região, onde fica o melhor shopping, onde estão os melhores pontos gastronômicos da cidade.

Eu sei o nome dos melhores filmes do mês, dos melhores perfumes, e se eu me esforçar um pouquinho eu sei até o nome dos atores e atrizes de novelas. Eu sei cantar as melhores modas e quais são as músicas mais tocadas nas rádios.

Ah! Eu quase ia me esquecendo, uma coisa coisa que eu sempre soube desde pequeno é que o PT é corrupto, e só isso é motivo suficiente para me considerar esperto e inteligente, fazendo com que eu marche até Brasília.

Eu posso até não entender de corrupção, de administração e fiscalização. Posso até não entender como a Política funciona, mas de PT eu entendo!

Assinado: PhD em Expertise Popular

Leandro Tissiano

O que vai mudar com a prisão de Lula?

Quantas vezes uma pessoa poderá suportar as “injustiças” cometidas contra ela?

Quantos “golpes baixos” um ser humano pode aguentar? Sabe, estamos cansados de tantas mentiras e desculpas esfarrapadas.

Estamos cansados deste jeitinho brasileiro, das embromações, dos rolos, das falcatruas, das coisas feitas nas coxas.

Precisamos ser gente de verdade, não podemos perder o foco. Estamos cansados de discussões políticas enquanto nada de concreto está sendo feito para acabar com a corrupção.

É claro que o partido mais corrupto está sendo julgado, mas, não podemos lutar contra o partido, mas contra a corrupção, porque a corrupção está em todos os partidos.

Precisamos lutar contra a corrupção, seja ela do PT, PSDB, PMDB, não importa o partido.

O que vai ocorrer quando o PT sair completamente do cenário político? O Brasil estará a salvo?

Não, nossa luta não pode ser contra um partido apenas, mas contra todos os corruptos em todos os partidos, e contra todos os corruptos que estão dentro dos poderes legislativo, executivo e judiciário.

Gente, precisamos dar um basta. O foco está sendo apenas no PT, e não na corrupção.

A nossa luta é contra a corrupção. Com a saída do PT, os problemas continuarão, porque jeitinho brasileiro está arraigado em nossa cultura. Mentiras e enganações estão arraigadas em nossa cultura, e é contra isso que precisamos lutar todos os dias.

Que Deus nos ajude.

Leandro Tissiano

E se por um instante

Em apenas um instante, em uma pequena parcela de tempo, podemos mudar o resultado das injustiças que são cometidas contra nós todos os dias.

E se por um instante controlássemos o nosso ego e fôssemos à procura de novos amigos?

E se por um instante abandonássemos por completo todo o mal?

E se por um instante falássemos apenas uma língua?

E se por um instante dominássemos as nossas emoções mais violentas?

E se por um instante toda disciplina se transformasse em um gesto de amor e carinho?

E se por um instante a compaixão prevalecesse para com os inocentes?

E se por um instante a nossa honestidade sufocasse as nossas maiores tentações?

E se por um instante meninas e meninos não precisassem vender os seus corpos?

E se por um instante os nossos filhos olhassem em nossos olhos para nos ouvir?

E se por um instante as brincadeiras e o bem estar fossem mais alucinógenos do que as drogas?

E se por um instante acordássemos no meio da noite sem uma notícia ruim?

E se por um instante todos os nossos pesadelos se transformassem nos sonhos mais lindos?

E se por um instante você pensasse diferente de todos?

E se por um instante você apenas se perguntasse: “E se por um instante eu fizesse o meu mundo melhor?”

Leandro Tissiano

Brasil, ainda estamos sem as respostas

A condenação não traria Eliza Samudio de volta à vida

Assuntos polêmicos são os mais cotados à serem rebatidos ou rechaçados. Nesta semana que passou observamos algumas notícias que geraram muitos debates e análises, piadas em redes sociais, e entre os assuntos mais comentados observamos o do goleiro Bruno, em liberdade, inclusive participando de jogos profissionais.

O argumento mais usado por ele foi o de estar arrependido e que a “Condenação não traria Eliza Samudia de volta à vida.” Em outras palavras, “O seu Juiz, já que não tem como trazer Eliza de volta à vida, faz favor, me libera aí vai!”

Já imaginaram meus amigos se esta moda pega? “Oh seu Juíz, já que não dá para trazer de volta a vida das pessoas que eu matei, faz uma gentileza, me libera aí vai! Não vamos ficar aqui perdendo tempo seu Juíz, nem aqui eles estão, não dá para ter audiência sem o outro lado, então me libera, vai!”

Não, isto é totalmente insano, concordam? Vejam bem, quem sou eu para julgar uma pessoa estar ou não arrependida, ponto. Não é isso o que eu gostaria de falar.

Trato de uma questão mais plausível para se fazer justiça com uma vítima que não está mais entre nós para se defender, ponto.

O goleiro Bruno tem a cadeia para se arrepender, se ele mudou, se é hoje uma pessoa totalmente diferente do que era, tudo bem, as pessoas podem mudar, mas, não significa isso que ele deveria estar em liberdade.

Ele pode ser uma boa pessoa, mas, dentro da cadeia. Ele pode mudar o sistema para melhor, dentro do presídio, cumprindo pena em cadeia.

Ele pode dar aula de futebol dentro do presídio, quem sabe ser até técnico dentro da cadeia. Ele pode trabalhar na recuperação e na educação dos presos.

Eu não vejo nenhum problema em ele estar arrependido do que fez, mas, desde que esteja encarcerado. Da mesma forma que ele não pode trazer Eliza Samudio de volta à vida, a justiça e a sociedade também devem responder à ele que não é possível ele ficar em liberdade, já que a sua liberdade também não vai trazer Eliza Samudia de volta à vida. Entenderam? Por que a balança da Justiça deve pender apenas para o lado do goleiro Bruno?

Se um crime desta magnitude não for tratado com o devido exemplo, o que vai dar de pessoas sendo soltas de prisões porque não podem trazer de volta à vida suas vítimas, será algo espantoso de se ver!

O que isso passa à todos nós? Que qualquer pessoa pode matar e se arrepender depois, que está tudo certo.

Na Inglaterra uma pessoa muito famosa teve a sua carteira de motorista suspensa porque excedeu a velocidade em 8 Km/h, estava exatamente a 56 Km/h numa via onde a velocidade máxima era 48 Km/h. Detalhe, foi julgada em primeira instância.

Agora, uma pessoa é suspeita de pegar um ser humano e fazer com ela as coisas mais monstruosas possíveis, dizer que está arrependido, que a condenação não traria Eliza novamente à vida, e sair rápido da cadeia, antes que não dê para jogar mais futebol devido a idade. Fala sério!

Vamos relembrar, segundo as acusações que pesam sobre ele, embora existam aqueles que dirão que não há nada comprovado.

Pois bem, olhe a sequência dos fatos:

  • Eliza denunciou Bruno por sequestro, agressão e ameaça
  • Foi intimidada a ter de fazer aborto porque Bruno não queria a paternidade
  • Bruno bateu em Eliza e a ameaçou com uma arma empunhada obrigando-á a tomar medicamentos abortivos
  • O laudo apontou a comprovação de vestígios de agressão no corpo de Eliza
  • Eliza faltou às audiências por medo de represálias (Ela não era famosa como ele, por isso ninguém se importava com a segurança dela)
  • Ela passou um tempo em Curitiba e São Paulo quando o menino nasceu e ganhou o nome de Bruno
  • Eliza pede a Justiça o reconhecimento da paternidade
  • Bruno a convidou para ir até o Rio de Janeiro
  • Passou-se algumas semanas e Eliza desapareceu, e uma denúncia revelou que ela tinha sido assassinada e suas roupas queimadas no sítio do goleiro Bruno
  • Tempo depois o filho foi encontrado na casa da ex-mulher de Bruno
  • mais detalhes acesse (fonte: http://www.compromissoeatitude.org.br/caso-eliza-samudio/)

Segundo algumas informações de outros jornais, parte da carne do corpo de Eliza foi dado aos cães, e embora outros digam que isso teria sido encenação, eu pergunto, por que os cães foram sacrificados se nada disso aconteceu?

Notem a sequência de eventos terríveis, bárbaros, nojentos e inacreditáveis cometidos por este monstro, que hoje se diz estar arrependido, e que não pode fazer nada para trazê-la de volta.

Vejam a capacidade emocional e a tamanha frieza que este criminoso, hoje arrependido, cometeu contra esta mulher.

Visualizem a cena, ela, indefesa, apavorada, vendo a morte de perto, talvez pedindo clemência, e estes bandidos rindo da cara dela, dizendo: Perdeu.

A selvageria praticada contra Eliza foi tão monstruosa que até hoje não encontraram o seu corpo. Será que não o retalharam e deram aos cães?

Agora vem a justiça e solta um monstro desse novamente para conviver no meio de uma sociedade, enquanto nós ficamos olhando e admirando o seu suposto arrependimento?

É meus amigos, isto é Brasil!

Leandro Tissiano

Aposentadoria mais justa e benéfica para a Sociedade Brasileira

O que o futuro nos reserva?

geometrico-0001-pintura

Qualquer um de nós pode facilmente perceber o mal das metrópoles, a poluição visual, sonora e atmosférica.

Só não podemos facilmente detectar a poluição psicológica dentro de cada indivíduo, e nem as suas causas. Só tomamos conhecimento quando é tarde demais, quando vemos os seus sintomas e os seus efeitos.

Por isso que a mídia explora com paixão histórias bizarras, onde pessoas normais cometem atrocidades inesperadas, e se a história for mais impactante maior será o interesse nela.

Histórias que narram coisas boas, que agregam conhecimento útil a sociedade, não ganham manchetes, não ganham audiência.

Não assistimos reportagens que incentivam seus telespectadores a ajudarem a sua comunidade. Isto não é atraente, não atrai a atenção falar de coisas boas.

Quanto pior melhor. E por quê o que choca, denigre, rebaixa, humilha e destrói o ser humano, tornando-o semelhante a uma fera irracional, ganha as páginas dos principais sites, revistas e jornais?

Talvez sejam estas algumas das razões de muitos deixarem de acreditarem em um Criador e passarem a crer na evolução, porque temos que concordar que a cada dia que passa, mais o ser humano se parece com uma fera selvagem. Será que estaríamos regredindo na escala evolutiva? De homens para animais? De frente para trás?

Com a desordem e a selvageria crescendo, fazendo milhares de inocentes perderem as suas vidas enquanto criminosos vão sendo referenciados por outros arruaceiros que se inspiram na criminalidade, é claro que nos resta uma pergunta, simples de ser feita, porém, muito difícil de ser respondida.

O que o futuro nos reserva? Continuaremos compartilhando violência nas redes sociais, repassando vídeos sangrentos de tortura, com qual finalidade?

Veja bem, não sou moralista, apenas valorizo a vida, prezo por nossos semelhantes, e falar disso é chato, eu sei, alguns chamam até de papo furado, querem ver o sangue ferver, querem ver as pessoas sangrarem.

Violência pura nos desenhos, nos games e nos filmes. Até quando?

Reportagens mostrando violência são bem diferentes de matérias sensacionalistas, onde se focam e destacam imagens com detalhes cruéis e macabros.

Eu sei que não podemos mascarar a realidade de nossos tempos, mas me preocupa o fato de estarmos cada vez mais sendo influenciados por padrões de comportamento onde não se dá nenhum valor a vida.

Não seria isso também uma outra forma de poluição que está afetando a todos nós?

Repito, o que o futuro nos reserva?

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Teoria da Conspiração? Teori Zavascki

foto-uol-noticias

O que transforma um crime em um verdadeiro golpe de mestre, é quando as pessoas que arquitetaram o crime passam despercebidas, enquanto a população, confusa ou cética, se mantém focada em outros assuntos.

Melhor ainda, quando os mentores de um crime hediondo praticam um homicídio, enquanto a maioria das pessoas reagem com piadinhas como: “teorias da conspiração”, “illuminatis”, “maçons”, “dilmistas”, “direitistas”, etc. Quando isto acontece, os criminosos se riem e se tranquilizam, porque se causou um alvoroço na população e com isso os verdadeiros criminosos passam despercebidos.

Um crime perfeito para os criminosos passarem despercebidos, porque foram tantas as coincidências envolvidas na queda deste avião, que é muito “básico do básico” acreditar que este avião tenha sido sabotado. Aí que mora o golpe de mestre dos que arquitetaram o crime. Fazer o crime parecer “lógico” demais!

Sabe aquela história do filme de mocinho que fica com a garota no final do filme? É óbvio demais para se acreditar que este avião tenha sido sabotado. Este crime está muito evidente, não é possível. Precisaria existir algo mais arquitetado, inteligente, sinistro e misterioso para despertar na população algum questionamento.

E o que atrapalha ainda mais as evidências e protege os criminosos é quando comunistas e esquerdistas ficam postando frases de efeito “Quem derrubou o avião foi o PT”, A Dilma que derrubou o avião”, com o único propósito de causarem confusão e chamarem os “coxinhas” de “burraldos” imbecis!

É lógico que existem razões muito maiores para que criminosos derrubassem este avião do que apenas acreditarmos que um partido político seria o suspeito nas causas deste acidente.

Não é só o PT o alvo, todos os partidos são possíveis alvos neste instante, mas além deles, é evidente que existam motivos muito maiores que envolvam também empresários corruptos deste País como suspeitos na queda deste avião.

Pense que argumentação perfeita seria para se criar um golpe de mestre, pois seria possível reunir todos os detalhes para se criar o cenário perfeito para fazer este crime perfeito virar uma “Teoria da Conspiração”.

Pense nos mentores do crime discutindo entre eles que derrubarem um avião em um local que comumente está sob neblina, que possui um grau de risco maior em suas aterrizagens, devido as características climáticas da região, e com um passageiro importante, que estava prestes a homologar o maior caso de corrupção da história do mundo, ser vitimado por uma queda de avião. Pense nos criminosos gargalhando só de imaginarem a confusão que seria gerada quando derrubassem uma aeronave sem caixa-preta, de porte pequeno, e com pilotos altamente experientes.

Pense se não seria o cenário perfeito para se criar um roteiro de filme muito manjado, fazendo o óbvio ser chato demais para se acreditar em toda esta história de sabotagem de aeronave.

E outro detalhe, manipular evidências e distorcer os fatos é a coisa mais fácil de se fazer para que a população nunca saiba de fato o que ocorreu.

Enquanto isso é só gozação e sarcasmo daqueles que se julgam “experts” no assunto e que pensam que este crime não passa de um acidente, pois se fosse um crime, seria “óbvio demais”, ou “muito evidente”, e que para uma aeronave cair, existem sistemas muito complexos para pessoas leigas como nós entendermos sobre estes assuntos.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Palavras impensadas, amizades desfeitas

Eu amo falar tudo o que eu penso, sabia disso? Sim, eu adoro quando leio comentários ofensivos contra a minha pessoa.

Quando isso acontece comigo, a primeira coisa que eu penso é: “Que falem bem ou falem mal a meu respeito, o importante é que falem.” Quando a pessoa insiste em me ofender eu respondo: “Hei! Se você não gosta de mim, pega a senha e entra na fila. Hahahahaha eu não estou nem aí para o que estas pessoas pensam de mim!” 

Não adianta você me tentar explicar que eu sou ignorante, arrogante, soberbo e altivo, porque isso não me interessa! Eu só tenho a dizer à você: “Insignificante, se contenha em sua insignificância!”

Sim, eu sou muito indiferente. Eu não tenho limites. A minha liberdade de expressão significa falar o que eu penso, doa a quem doer, e não me importo se isso ofende ou não você.

Você não precisa saber quem eu sou na internet. Não importa se eu lhe assedio, se eu lhe humilho ou ofendo. Eu faço isso com quem eu quiser. Eu não mostro o meu rosto, mas saiba que covarde é que eu não sou.

O que eu falo pode ser devastador para você. Eu posso te influenciar a também sentir ódio. Hahahaha, é a minha liberdade de expressão!

Se eu critico, se eu rebaixo, se eu incentivo a violência, se eu agrido verbalmente, você não pode fazer nada, sabe por quê? Porque eu falo tudo o que eu penso!

Danem-se as minhas palavras! Danem-se se  estão perplexos! Saibam que eu sou uma péssima energia influenciadora em suas vidas.

Eu critico mesmo, sou um crítico ao extremo. Eu quero que você replique a minha ignorância e a minha personalidade.

Entenda uma coisa, eu nunca fui sensato. Eu nunca soube enxergar virtudes. As minhas conversas giram em torno de pessoas e não sobre coisas. Eu me concentro em seus defeitos e não nos meus defeitos, sabe por quê? Porque eu tenho liberdade de expressão! Eu falo o que eu penso doa a quem doer. Aprendi a ser insensível, sombrio e indiferente.

Não adianta você tentar me convencer do contrário seu otário! Não vem você agora com aquela ilustração antiga dizendo que o peixe de água salgada, precisa ser temperado com sal, porque embora tenha vivido toda a sua vida dentro do mar salgado ele não absorveu o sal em sua carne. Não tente argumentar que isso serve para entender que mesmo vivendo em um mundo indiferente, insensível e violento,  ainda assim eu não preciso absorver as influências negativas que me cercam.

Pare com este seu papinho idiota de me dizer que eu preciso ser mais paciente, amoroso e compreensivo, de eu saber ser seletivo em minhas amizades para que eu não seja ingênuo.

Que besteira é essa de dizer que eu preciso aprimorar a minha percepção, respeitar outro pensamento ou ponto de vista? Saiba que eu tenho liberdade de expressão, doa a quem doer!

Que papo é esse de imaginar que eu tenho um dente de leão nas mãos e de que eu estou soprando-o no ar? É a mesma historinha de sempre, na realidade um conto chinês, onde relata que um sábio pediu para o seu servo ir até o alto de uma montanha e espalhar todas as pétalas de rosa pelo ar. Na sequência ele pediu para que o servo recolhesse todas elas. Ele respondeu ser impossível aquilo, porque as pétalas se espalharam para bem longe. O sábio então disse àquele servo que as pétalas são como as nossas palavras. Depois que a pronunciamos não tem mais como recuperá-las. Elas não voltam mais.

Eu não quero saber se eu espalho ao vento palavras impensadas, se eu tenho atitudes egoístas, se as minhas discussões são improdutivas, se eu uso de sarcasmo, se eu sou preconceituoso ou racista. Saiba que eu não levo desaforo para casa. Se eu gero mal entendidos é porque eu falo o que penso doa a quem doer. Eu vou repetir, eu tenho liberdade de expressão.

Ué! Cadê todo mundo? Onde foram? Fiquei só. Ha! Dane-se, eu tenho liberdade de expressão, falo o que eu penso, doa a quem doer.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Os indiferentes precisam decidir de que lado estão

Quantas vezes eu pensava que crimes inexplicáveis cometidos contra pessoas inocentes não me importavam, desde que não afetassem a minha família. Mas este pensamento, ao contrário de ser uma proteção emocional, só revelava o quão indiferente eu era.

Eu defendia a minha indiferença, porque eu julgava que o importante era a cabeça no trabalho, nos estudos e na diversão. Sim, eu era frio com estas coisas, mas conforme fui ficando mais velho e no dia em que eu me tornei pai, entendi o qual difícil é estar na pele de quem sofre a perda de um ente querido.

Em pensar que crimes hediondos estão se tornando cada vez mais comuns. Quando procuro entender o porque disso, noto que não há lógica para tais atos praticados contra pessoas do bem.

Por mais que alguns justifiquem dizendo que um governo corrupto tira da população o seu meio de vida, e a sociedade se revolte e cometa barbaridades como essa, não é simples assim. Outros dirão que não existem leis sérias neste país, ou que o amor ao dinheiro gera a ganância que leva alguns a cometerem crimes hediondos. Estes argumentos são justos, mas apenas sabermos algumas das razões que causam estas atrocidades não será o suficiente para mudarmos a nossa sociedade.

Não podemos ser influenciados por maus exemplos que vem de cima. Não podemos ser injustos porque a vida nos ensina a ser injustos. Precisamos fazer a diferença, mostrarmos que somos diferentes.

As notícias mais comuns que deveriam circular nas mídias sociais era o de pessoas devolvendo dinheiro ou objetos aos seus verdadeiros donos, não estas atrocidades que aparecem na TV e na internet. O papel de nós cidadãos é justamente agir ao contrário dos maus exemplos, por fazermos boas ações.

Precisamos silenciar o crime de outras maneiras, por olharmos com mais atenção para os lados. Atos tão pequenos e imperceptíveis aos olhos de outros poderiam ser o princípio de uma mudança radical. Exemplo, ao cruzarmos uma rua, e notarmos a presença de um idoso com dificuldades em atravessá-la, custaria ajudarmos? No ônibus, quando um idoso ou uma mulher grávida está no corredor, damos o nosso lugar?

Quando presenciamos uma briga séria de casal, ou de um pai e uma mãe que maltrata o filho,  envolvendo lesões físicas, denunciaríamos? Não precisamos nos identificar numa denúncia. Podemos estar salvando uma vida, quem sabe até mesmo evitando uma chacina.

Quando aprendemos a dirigir, não conduzimos o carro a 140 Km/h. Tudo começa devagar, primeira e segunda, segunda e primeira, algumas vezes engatamos a terceira. Assim é uma sociedade. Por menor que seja o esforço de cada um de nós, na soma geral vai ser muito. No que pudermos ajudar, vamos ajudar a nossa comunidade. Sejamos pessoas do bem.

Pequenos gestos mudam as pessoas e por consequência toda uma sociedade. Não é fácil nadarmos contra a maré da indiferença, mas apesar de tudo, acredito que não seja impossível.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

ENQUETE

O que você responde?

nota-cem-reais-politico-corrupto-pro-seu-dia-ficar-melhor

Sabedoria sem moralidade não passa de conhecimento

sabedoria-pro-seu-dia-ficar-melhor

Sabedoria significa entre outras coisas, estudo e conhecimento, mas, não quer dizer que uma pessoa que possua um bom estudo e um bom conhecimento, automaticamente pratique coisas boas. Desculpe pela redundância.

Os políticos e empresários corruptos do País,  usaram todo o seu conhecimento acadêmico e profissional para destruírem a moralidade e a ética, afundando o País.

Nós temos pessoas muito inteligentes em todas as esferas de nossa sociedade. Escritores, Filósofos, Médicos, Engenheiros, Músicos, Cientistas, Matemáticos, Físicos, Professores, Empresários, Construtores, Artistas, Advogados, Políticos, Profissionais Liberais, e qualquer outro cidadão no exercício de suas funções, cada qual se destacando em suas atividades.

O conhecimento pode solucionar muitos problemas em nossa sociedade. Pode disponibilizar recursos para todos. Mas nenhuma sabedoria ou conhecimento pode funcionar em uma sociedade se não houver “moralidade“.

A sabedoria ou conhecimento pode ser usado para o bem ou para o mal. A moralidade nunca será usada para o mal, porque quando se pratica moralidade com propósitos ruins, a moralidade cessa, enquanto o conhecimento usado para o mal, continua sendo conhecimento, usado para propósitos errados.

Um exemplo seria um médico usando o seu conhecimento para amputar um membro no corpo de um paciente para curá-lo. (moralidade) Outra coisa seria o mesmo médico usar o seu mesmo conhecimento para amputar um membro sadio com a finalidade de ganhar dinheiro da fábrica de próteses. (imoralidade) Neste caso, faltou moralidade, ética e caráter no exercício de sua função. Isso vale para todos e para todas as profissões.

A sabedoria e o conhecimento é o caminho para o futuro de nosso País, mas sem moralidade não teremos nenhum sucesso, seja você um religioso ou um ateu.

Leandro Tissiano

moralidade-proseudiaficarmelhor

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Natal e Ano Novo magrinho, magrinho

brasil-pessoa

A ingratidão é muito perigosa. Eu mesmo me pego algumas vezes reclamando das coisas, mas, paro por um instante e digo a mim mesmo, calma, poderia ser pior.

Penso nas coisas importantes e impalpáveis que possuo, no que eu conquistei até o momento, e em silêncio, peço desculpas e agradeço.

Mas confesso que manter a perspectiva correta das coisas não é fácil. Olhe para o cenário que o Brasil está. Percebe o caos econômico que atravessamos? Corrupção, corrupção, corrupção. Podridão, podridão, podridão. Que pesadelo estamos presenciando.

Aqui em minha cidade, por onde ando, nas lojas e comércios por onde passo só há alguns itens que mostram a época do ano em que estamos. Os enfeites carregados de Natal, as luzes cobrindo tudo, não, não estou vendo nada disso, e acredito que em muitas cidades o clima de baixo astral está o mesmo.

A nossa luta não acabou. O Brasil por muitos anos foi explorado, alvo de saqueadores de colarinho branco, e a população passiva, finalmente despertou de suas ilusões.

Daqui para frente, nós cidadãos seremos os fiscalizadores, os contadores e financeiros, ou melhor, os auditores de cada governante e prefeito, seja uma cidade pequena, com alguns milhares de cidadãos de bem, ou as grandes metrópoles com milhões de pessoas.

É seu direito fiscalizar os que estão em cargos públicos, porque o salário deles é você quem paga. Em vários locais onde se trabalham funcionários públicos tem uma placa indicativa com a frase: “Ofender Funcionário Público no Exercício da Função dá Prisão – Artigo 331 do Código Penal.”

Por muito tempo eu pensei que esta placa também dá direitos ao mal funcionário público de lhe agredir verbalmente, de mentir, de não falar toda a verdade, e você não poder se defender, porque qualquer acusação sua pode ser interpretada como sendo desacato a autoridade e você ser preso por isso.

Mas agora as coisas estão finalmente mudando, em tudo. Na conta de água, Luz, IPTU, não importa, desconfiou de algo, reclame, investigue, faça valer os seus direitos.

Vereador, Senador, Deputado, quem quer que seja em sua cidade, investigue, passe um pente fino. Descubra o porque o candidato entrou “pobre” no cargo público e ficou “rico” sendo político. Porque político não ganha pra ficar rico, nunca ganhou pra isso.

O mesmo vale para quem possui cargo de Consultor, Analista da Receita Federal, Fiscal, Secretário, ou qualquer outro cargo público. Eles não ganham para ficarem ricos. Cargos públicos, nenhum deles recebem salários para ficarem ricos. A renda deles não é suficiente e nunca será para viverem ostentando. Você entende isso?

Não é porque precisamos manter as esperanças e olharmos com a perspectiva correta as coisas em nossa volta que vamos pensar que político e corrupto sempre serão assim mesmo e desistirmos de lutarmos por nossos direitos.

Quanto mais se mexe na sujeira política do País, mais se descobre coisas ruins, não é verdade? Ao contrário de desanimar, precisamos entender que nós brasileiros estamos fazendo uma faxina, se não a sujeira volta e fica pior.

Então, descubra em sua cidade o nome de todos os políticos e empresários envolvidos na política de sua cidade. Verifique o que está sendo feito com o dinheiro arrecadado, se estão declarando, o poder social e econômico de cada um deles, se estão envolvidos com pedofilia, desvio de recursos, politicagem, sonegação, crimes, ficha suja, corrupção, bandidagem, tráfico, prostituição, abuso de poder, não importa o que seja, é direito seu investigar sim. Sabe por quê? Você aceitaria conviver normalmente e pacificamente  em sua casa com pessoas que praticam estas coisas que eu relacionei acima? É claro que não? E por que aceitar pacificamente como normal estas pessoas no poder? E o que é pior, você pagando o salário delas?!!!!

Por mais que este Natal esteja magrinho e as pessoas cada vez mais descrentes, não é hora de deixarmos a peteca cair. Independente de você ser uma pessoa da alta sociedade ou como a maioria de nós brasileiros, gente simples e humilde, existe uma coisa que você tem, independente de sua classe social ou graduação acadêmica, que se chama, CONHECIMENTO de CAUSA, em outras palavras, levamos tanta surra da corrupção, que estamos mais do que experientes para sabermos e termos certeza de que precisamos varrer de uma vez por todas esta roubalheira que fizeram com o nosso País. Chega! Basta!

É inevitável nos sentirmos otários ou passarmos por otários algumas vezes, mas permanecermos no erro é burrice.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

5 Segredos para o sucesso

O que é sucesso? Alcançar a Direção de uma empresa? Se formar em uma Universidade no exterior? Ficar rico? Virar empresário? Superar uma doença? Emagrecer? Ser modelo? Cantor? Ator? Músico?

Eu não sei o que é sucesso para você, mas, independente do que você procure alcançar, certamente estes 5 segredos estarão envolvidos nesta conquista.

Na realidade são 5 qualidades que pavimentam o terreno para o sucesso, principalmente na convivência com outras pessoas, sejam elas de sua família, em sua comunidade, em sua religião, no seu campo de trabalho, no mundo acadêmico, ou em qualquer área em que você esteja inserido.

 

001-serenidade-pro-seu-dia-ficar-melhor

002-razoabilidade-pro-seu-dia-ficar-melhor

003-sensatez-pro-seu-dia-ficar-melhor

004-paciencia-pro-seu-dia-ficar-melhor

005-paciencia-pro-seu-dia-ficar-melhor

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

A piada da semana

pesquisa-datafolha

O Brasil precisa de mais moralidade

corruptos

Um pai americano pegou prisão perpétua nos EUA porque esqueceu seu filho dentro do carro.

Aqui no Brasil nós temos um Presidente do Senado, Renan Calheiros, envolvido em diversos processos criminais, que se recusa a deixar seu cargo, peitando o Supremo Tribunal Federal.

Também vemos o Senado exigindo do Supremo a anulação de processos para os seus sucessores caso outro entre no lugar de Renan.

O que é tudo isso? Eu confesso que a podridão no meio político gangrenou de vez. Ela precisa ser cortada imediatamente.

Estas pessoas do alto escalão, de todos os poderes, estão assassinando a Constituição de nosso País, eles não possuem nenhum senso moral, talvez, nunca possuíram, essa é a verdade.

A cara de pau, o sarcasmo e a indiferença com que lidam com as suas acusações é um tapa em nosso rosto, e esse tapa dói, ele cansa, uma hora a pessoa cansa de tanto apanhar. Já passou da hora em darmos o troco nestes corruptos.

Não se falta entrelinhas e alternativas dentro de nossas leis que se transformam em estratégias e vias de escape para estes corruptos se safarem.

Nós temos muitas brechas e são sobre estas brechas dentro das leis que estes corruptos conseguem se manter no poder. Tudo passa a ser uma questão de negociação, de se fazer a melhor defesa, a melhor argumentação, porque a Lei passa a ter muitas interpretações diferentes. É por isso que estamos vendo advogados muito bem pagos, por sinal, peitando Juiz, peitando Tribunais de Justiça, por isso que estamos vendo a Polícia Federal não podendo agir como se deveria.

Veja bem”, “não é bem assim”, “aqui não diz isso”, “não significa isso”, “se entendermos que”, e centenas e milhares de outras argumentações atrapalhando as nossas Leis, colocando dúvidas onde haviam apenas certezas, a fim de confundir a sociedade e se livrarem da Justiça. Desculpe a OAB, a classe dos Advogados, mas eu estou me referindo a ética e a moral, e não aos termos técnicos utilizados nas defesas de bandidos.

É claro que eu posso tecnicamente ter uma excelente defesa que possa livrar um assassino, porque eu simplesmente me utilizei tecnicamente de minhas habilidades jurídicas para livrar o meu cliente da cadeia. Eu sou um excelente negociador jurídico. Isso é legal? É, mas não é ético e muito menos Moral. É sobre a moralidade que eu estou falando. Falta muita moral em nossos Poderes.

Imagine um assassino que tenha tirado a vida de um cidadão inocente. O assassino não foi pego no flagra. Mais tarde o mesmo foi encontrado, e as testemunhas do crime são convocadas. Até câmeras de vigilância filmaram o assassino. Dependendo de seu advogado de defesa, o mesmo dirá que as imagens estão muito ruins, não nítidas o suficiente para provarem que era ele que estava no local. Ou pode argumentar que a pessoa apenas se parece com o assassino. As testemunhas se forem bem trabalhadas pelo advogado, conseguirá fazer com que a argumentação delas não tenha nenhum peso perante o julgamento. É claro que está dentro do trabalho do advogado fazer isso, é legal, mas é moral?

Do jeito que as coisas andam, exagerando um pouco, até bandidos vão começar a dizer: “Sim, eu matei mesmo! E daí? Eu não sou o culpado. A culpa é dele que morreu. Quem mandou estar no lugar errado e na hora errada?” E pasmem, vai ter advogado defendendo o mesmo!

Chega! Como eu disse, gangrenou de vez! Precisamos amputar imediatamente de nossa cultura esse jeitinho brasileiro, esta corrupção e esta imoralidade que está em todas as esferas de nossa sociedade. Basta de tanta sacanagem e corrupção em nosso País.

Leandro Tissiano

Obrigado Sérgio Moro e Joice Hasselmann – 04 de Dezembro o Brasil nas ruas

Obrigado Sérgio Moro, à você e toda a sua equipe. Obrigado à você Joice Hasselmann por sua coragem e garra. Agradeço à todos os movimentos sem bandeiras políticas e que marcham pelo Brasil, que assim como eu, querem o País limpo de toda esta imundície e sujeira política.

Diante de tantas mentiras, mentiras estas envolvendo todas as esferas de nossa Sociedade, com pessoas que se utilizam do poder que possuem para enganar e roubar a nossa dignidade e a nossa esperança, ver vocês lutando para nos convencer de que o verdadeiro poder está em nossas mãos, nas mãos do povo brasileiro, isso é motivo de muita alegria.

Eu tenho certeza de que o Brasil é grande, é um País rico, e pode se tornar próspero, mas para isso, toda a população precisa tirar do poder, todos aqueles que não fizeram outra coisa a não ser arrumarem algum esquema de desvio de verbas e desestabilizarem a nossa economia.

Não pertenço a nenhum partido, a minha bandeira é Brasileira. Gostaria muito que no dia 04 de Dezembro, uma multidão, muito maior do que aquela que destronou do poder Dilma Roussef, marchassem pelas ruas de todo o Brasil, para o bem do País, defendendo àqueles que tiveram a coragem de dar um basta nesta roubalheira praticada pelos políticos corruptos, mesmo sabendo que estão correndo risco de morte, como o Juiz Sérgio Moro e a Joice Hasselmann.

O povo brasileiro aguentou todos estes anos tanta corrupção porque sabem se virar como podem para sobreviver. O povo brasileiro é criativo, consegue se adaptar às circunstâncias.

Se o Brasil fosse um País com líderes honestos tomando conta da Nação Brasileira, estaríamos entre os países mais sólidos e prósperos do mundo, porque com tanta anarquia política e econômica destruindo o Brasil, ainda conseguimos produzir e gerar riquezas, imaginem se estivéssemos sendo liderados por representantes honestos.

Por isso agradeço ao Juiz Sérgio Moro e a jornalista Joice Hasselmann, porque eles não precisariam dar a cara a tapa, até porque ambos possuem um estilo de vida confortável. É aquela história, eles poderiam pensar que estão tão bem na zona de conforto deles, poderiam pensar que não passam necessidades, que não são ricos, mas que possuem o suficiente para morarem em um outro País, um País melhor e mais digno, e mandarem todos os brasileiros para a PQP, mas não fizeram isso.

Por isso eles são dignos de nossa admiração, porque estão usando todo o poder que possuem e as suas rendas, tempo e esforços para serem as nossas vozes e enfrentarem os verdadeiros bandidos que são todos os políticos corruptos que ao contrário deles, usam todo o poder que possuem para nos roubar e nos enganar.

A melhor resposta à estes políticos será o apoio de todos os brasileiros nas ruas, pacificamente, organizadamente, marcharem nas ruas e provarem que finalmente o povo brasileiro acordou e exige de seus governantes honestidade, hombridade e respeito para com o eleitor.

Leandro Tissiano

LOGO TIPO TISSIANO 150

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Existem incentivos fiscais para a redução da Poluição?

carros-hibridos-ford-fusion

Eu, sendo cidadão brasileiro, espero que este novo Governo dê um forte incentivo a cuidar da melhora de nossos recursos naturais, e mais, que incentive a compra de veículos híbridos e elétricos, a fim de que o Brasil esteja incluso nos países que valorizam a qualidade do ar, principalmente nas grandes cidades.

continua…

Estamos interpretando corretamente o que está diante de nossos olhos?

cegos-e-elefante

Já leu ou ouviu a história do Pai que estava com seu filho montado em um burro, e das várias interpretações que receberam das pessoas que os observavam enquanto caminhavam? Se você não leu, acesse aqui em: “http://metaforas.com.br/o-homem-seu-filho-e-o-burro”

Já leu ou ouviu a ilustração que conta a história de vários cegos apalpando cada um deles apenas uma parte de um grande elefante e das várias conclusões diferentes que eles tiveram a respeito de suas experiências? Se não leu, acesse aqui em: “http://www.possibilidades.com.br/parabolas/cegos_elefante.asp”

O objetivo de deixar estes dois links é o mesmo, apenas reforçar a ideia do quanto nós, diferentes uns dos outros como nós somos, das maneiras diferentes como nós pensamos, precisamos cada vez mais nos esforçarmos em construirmos pontes que possam nos unir e não abismos ou muralhas que possam nos separar. Já leu sobre isso? Se não leu, acesse aqui em: “http://www.benitopepe.com.br/2013/03/02/construindo-pontes-ao-inves-de-muros/”

Sim, em todas estas metáforas e ilustrações são ensinadas a importância de se manter a humildade. Quando se tem humildade, tudo fica mais fácil. O caminho, a correção e a reflexão engrandecem àqueles que reservam tempo para meditarem sobre onde podem melhorar e com isso se transformam em pessoas úteis à sociedade em que vivem.

É claro que gostaríamos de ter todas as respostas. É claro que gostaríamos de ter em nossas mãos todas as soluções para podermos unir as pessoas, mas não temos este grande poder, não nessa grande escalada.

Mas, tudo o que estiver ao alcance de nossas mãos, por menor que seja, que sejamos humildes e possamos conviver com outros da melhor forma possível e para o bem de todos.

O país está passando por mudanças. Estamos tendo diversas interpretações diferentes sobre estas mudanças, mas vamos nos lembrar das ilustrações acima.

Precisamos de estabilidade em nossas relações para o bem de nosso País. Vamos pensar no Brasil. Não é sábio defendermos nossas teses com unhas e dentes e nem a ferro e fogo. Vamos, cada um de nós, cedermos de ambas as partes para continuarmos conduzindo estas mudanças para o bem de todos nós brasileiros.

Não é o momento de dizermos quem está certo ou errado. É o momento dos verdadeiros culpados serem julgados e condenados justamente. Quanto a nós, vamos agir na melhor de nossas intenções e colaborar para o crescimento de nosso País.

Leandro Tissiano

LOGO TIPO TISSIANO 150

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Qual será o futuro das empresas do futuro?

A parte chata de qualquer trabalho é ter de encarar o que não se gosta de fazer, mas que é necessário ser feito.
continua…

A Corrupção é apenas uma doce ilusão

 bandeira 3

Simples perguntas envolvendo o cotidiano das pessoas são suficientes para se tirar qualquer dúvida do porque não se pode flertar com a corrupção. Os corruptos criam esquemas complexos de lavagem de dinheiro, mas não precisamos ser matemáticos ou doutorados para entendermos que a Corrupção é apenas uma doce ilusão.

continua…

Estamos cercados de sociopatas?

SUPLICANDO DE MEDOS E TEMORES PSDFM

Se colocassem um psicopata na frente de duas pessoas, sendo que uma delas está rasgando um gato com as próprias mãos enquanto a outra está mostrando um vídeo de comédia, o psicopata iria gargalhar vendo o gato morrer, mas diria que estava rindo do filme.

continua…

Escola sem Partido e NÃO à Intolerância Política

Sou a favor da Escola Sem Partido porque quando penso sobre isso, lembro-me de uma outra época em que nenhum cidadão de bem podia opinar, a não ser quando pensasse da mesma maneira que seu opressor.  Intolerância política era a autoridade maior e incondicional.

continua…

Qual a cor de sua pele?

LEANDRO TISSIANO IGUALDADE

Ei, estou aqui. Você pode até fingir não me ver, mas estou aqui. Posso até não ser de sua raça, nacionalidade, país ou cultura, mas estou aqui.

Deixe de lado as suas diferenças, as suas leis sem amor, empatia e consideração pelos outros seres, e aprenda a me ver. Eu também faço parte da história, mesmo que você não aceite isso.

continua…

O Brasil antes e depois do dia 12 de Maio de 2016

 LEANDRO TISSIANO BRASIL PESSOAS

Política e Cidadania mais unidas do que nunca

A Política e a Cidadania estão mostrando como elas estão entrelaçadas. Ambas são necessárias para que o nosso País funcione de verdade.

continua…

Qual a língua mais falada dentro das famílias? – Política e Cidadania – Família

PAIS QUE FALAM LINGUAS DIFERENTES PRO SEU DIA FICAR MELHOR COM

A nossa política e cidadania, como também a nossa família, possuem um grau de entrelaçamento entre as partes, mais estreito do que talvez poderíamos imaginar.

A experiência comprova que filhos que foram criados dentro de um ambiente familiar onde os pais costumavam discutir na frente deles, tiveram uma maior dificuldade em orientá-los quando se tornaram mais velhos.

continua…

O que aconteceu com as pessoas?

me ame quando eu menos merecer

O que aconteceu com as pessoas? Onde foi parar aquele romantismo? Onde estão os sorrisos sinceros, os abraços apertados e o brilho do olhar?

continua…

Nove coisas para se pensar depois do impeachment

nove 2

Nove sugestões para dar continuidade com as mudanças deste País, depois de uma possível mudança na governabilidade deste atual governo. Dicas simples, mas relevantes.

Deixemos o linguajar  técnico para os profissionais, e transformemos estas sugestões em um diálogo simples de se entender.

1- Levantamento de todas as dívidas que o País possui, da forma mais transparente à toda a nação. Não é possível lidar com despesas quando não se sabe o real tamanho do arrombo e nem de onde ele vem. Depois do julgamento, este assunto não pode ser tratado em sigilo. É necessário os valores reais.

2- Criação de um cadastro em todos os SINES do Brasil com os dados pessoais destes quase 10 milhões de desempregados. Fazer uma triagem, priorizando as pessoas mais velhas, pais de família, e que estão desempregados a mais tempo. A criação de um código para estas pessoas. Seria uma espécie de identificação. Toda empresa que contratasse estes candidatos cadastrados com este código de prioridade, receberiam benefícios na empresa, em forma de desconto nos impostos recolhidos ou em cursos ou assistências sociais. A lei para pessoas que fraudassem este projeto, falsificando informações para conseguir benefícios deveria ser pesada. E quem financiaria o projeto de recolocação destes desempregados? Parte do dinheiro recuperado na corrupção.

3- Pessoas próximas, parentes ou amigos dos acusados de corrupção teriam todos os seus bens bloqueados até que se comprovassem perante o público a origem do dinheiro, se é legítimo e honesto, ou não. Uma malha fina.

4- Mudança nas leis deste País no que diz respeito a crimes de corrupção na política. A criação de prisões perpétuas aos corruptos. Isso faria muito corrupto mudar de profissão e deixar a política. CPF sujo não consegue crédito, isso deveria valer para político sujo, impedindo-o de participar ou concorrer às eleições.

5- A criação de um sistema online, interligado com todas as Cidades, Distritos e Municípios onde o eleitor pode acessar um portal, na internet, e verificar todas as movimentações em dinheiro realizadas em sua Cidade, Estado ou País. Se o dinheiro é público, a nação precisa saber e ver o que está sendo feito com ele. A visibilidade das movimentações financeiras na conta corrente são importantes, e por que com o dinheiro público essa preocupação não deveria ser a mesma?

6- As cédulas eleitorais precisam ser de papel e estar à disposição do eleitor para consulta. Com tanta corrupção nestes últimos anos, uma boa auditoria se faz necessária. Um empresário que foi lesado financeiramente não confiaria mais em seu contador e imediatamente faria uma auditoria interna. Permanecer com a utilização de Urnas Eletrônicas não é uma questão de praticidade na contagem dos votos. O que é necessário é a comprovação de que o candidato foi realmente o escolhido pelos seus eleitores. O período mais corrupto do País foi com a utilização de Urnas Eletrônicas.

7- A criação de um “Guia Contra a Corrupção”, mostrando em detalhes todos os procedimentos corruptos envolvendo as ações dentro da política. Mostrar o passo a passo das movimentações estratégicas destes corruptos, o que fizeram e como fizeram. Tornar obrigatório na grade de ensino nas escolas os males causados por um País que é conivente com a corrupção, e seus efeitos desastrosos na sociedade.

8- Candidatos precisam estar no mesmo grau de suas responsabilidades. Ao assumirem um cargo importante, é necessário serem avaliados quanto as competências que possui. Não se pode, por exemplo, assumir uma pasta chamada “EDUCAÇÃO”, o candidato que é graduado e atua na área de “AGRONOMIA”. O administrativo precisa ser da área, estar atuando na área. Ter experiência na área.

9- A política é um conjunto de ações administrativas aplicadas para o benefício da população e não para enriquecimento próprio ou dos envolvidos com politicagem. Não se deve permitir que cargos públicos sejam usados para improbidade administrativa. O cidadão deve cobrar isso das autoridades deste País.

Poderiam ser citados aqui outras centenas de ações, mas acredito, que a essência delas estejam baseadas dentro destes nove passos.

Saber o que precisa ser feito, todos sabem, mas, como fazer, que é o grande desafio.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Esperanças de um novo começo!

IMPEACHMENT

O que fazer com a indiferença que predomina em nossa sociedade?

Indiferença quer dizer: “estado de tranquilidade daquele que não se envolve com as situações; desprendimento”, ou, “falta de interesse, de atenção, de cuidado, de consideração; descaso; desdém”.

A indiferença está tomando a rotina de muitas pessoas, inclusive, dos bons profissionais. Estamos vendo isso naqueles que trabalham com Relações Humanas, principalmente profissionais de Recursos Humanos, que são os que precisam dar o bom exemplo em demonstrar o que é necessário para ser um cidadão.

continua…

O que os políticos corruptos querem que você pense

bandeira 3

A grande sacada dos políticos corruptos em nosso País é que, quanto mais a população achar que é o fim do mundo, melhor fica para eles. Quanto pior, melhor.

continua…

Os males que o fanatismo pode causar…

religião

Alguns filtros pré-estabelecidos em uma mente condicionada, podem fazer com que se torne difícil criar possibilidades de que outros tentem, se esforcem à serem cidadãos que lutem por uma sociedade mais tolerante, diferente de uma sociedade que só pratica o egocentrismo, ou melhor dizendo, que só pensa nela mesma.

continua…

O Brasil pode ser um país forte novamente?

Faz tempo que não escrevo sobre política, ainda mais num dia de sexta-feira, mas diante de tantos acontecimentos, não dá para permanecer calado.

Os professores políticos, economistas e historiadores estão compilando todos os detalhes que estão ocorrendo em nosso país. Não faltará matéria para compor esta exclusiva história, a era em que um governo surgiu e desapareceu.

O país nunca antes passou por tantas transformações em tão pouco tempo. Sem dúvida será matéria de sala de aula. O Brasil virou assunto principal e sátira até no exterior!

Que bom se todos estes fatos transformassem a cultura do país, para que todos nós nos preocupássemos de verdade com assuntos relevantes, como a importância de saber governar por usar com responsabilidade, inteligência e sabedoria o dinheiro do contribuinte.

Os que estão no poder são assalariados, portanto, já recebem dinheiro para exercer as suas funções. O dinheiro que eles administram, não lhes pertencem, portanto, estão ali como administradores de toda a arrecadação que o contribuinte faz para os cofres públicos.

Algo justo seria reduzir o salário e a quantidade de benefícios que esses políticos possuem. Seria bom, pois não atrairia mais pessoas ambiciosas e desonestas. Estariam se candidatando apenas políticos que querem governar verdadeiramente, e não para benefício próprio, e mexer no salário seria uma ótima maneira de reduzir estes mercenários monetários.

Estamos em um momento excelente para mudar as leis deste país, fazer com que crimes de corrupção possam ser encarados como crimes de assassinato, porque quando pessoas sofrem severamente em filas de hospitais ou em locais com falta de infraestrutura porque seus governantes desviam as verbas destinadas a saúde e moradia, eles estão colocando em risco a vida destas pessoas, e de fato, centenas delas morrem por falta de atendimento. Isso é crime.

Todo planejamento que envolva o dinheiro do contribuinte precisa ser declarado e estar a disposição de serem consultados pelo eleitor. Eu já comentei sobre isso. Seria necessário uma plataforma online na internet, mostrando ao vivo as reuniões que são feitas dentro da Câmara de cada cidade, para que o eleitor saiba em tempo real o que os seus governantes estão fazendo. Sim, precisamos de um BBB dentro de todos os espaços públicos onde políticos ficam reunidos.

As agendas, planejamentos, programas de governo precisam estar acessíveis à população antes mesmo de serem votados.

É o dinheiro do contribuinte que está sendo usado. Portanto, é de total justificativa o contribuinte saber o que está sendo feito com o seu dinheiro.

Quanto as eleições, sou sim a favor de se voltar a ser utilizado cédula de papel. Numa auditoria de contagem de votos, como se pode confiar em dados eletrônicos? Milhões no Brasil ironizaram isso, mas por que países como EUA ainda usam cédulas de papel? Estão atrás do Brasil em tecnologia? Estão desatualizados ou se preocupam com a possibilidade de fraude eleitoral?

Não adianta um governo ser substituído e as práticas de governo serem as mesmas. Precisamos de total transparência, clareza em todos os ministérios e na execução destas ações ministeriais.

Será que o fato do Brasil estar mergulhado em tanta corrupção não nos ensinou uma lição muito importante? A de que a mentira quebra um país inteiro?

O que o país ganhou com a corrupção? O que o país ganhou com políticos desonestos? Será que permanecerá no país a ideia central de quem tem mais dinheiro é que possui mais chances de ser eleito? Será que permanecerá no país a ideia de que quem tem mais bala no tambor da arma vencerá a eleição? Será que deve permanecer o pensamento de quem tem mais força é que levará a faixa de Presidente?

Quais critérios estão sendo avaliados na escolha de seus governantes?

Enquanto no país fazer política, nada mais é do que enriquecer parentes e amigos próximos, a governabilidade será a mesma.

Enquanto no país um político enriquece fazendo política, e a política é uma mina de dinheiro (do contribuinte), não adiantará um governo ser substituído por outro com a mesma mentalidade.

Política é para estar nas mãos de pessoas honestas, aquelas que de fato, estão ali para governar para a população e não para si mesmos.

Sempre pessoas me dizem que quando uma pessoa honesta alcança um cargo público importante ela se vende, porque toda pessoa tem um preço.

Essa é a mentalidade que prevalece na cultura popular de nosso país, porque com tantos casos de corrupção, chantagem, oportunismo, troca de favores, estratégias políticas, a população chegou a conclusão de que ninguém se salva.

Nunca se precisou tanto de ética nas relações humanas. Felizmente os contribuintes aprenderam a exigir mais responsabilidade e transparência de seus governantes. Felizmente as autoridades jurídicas estão cada vez mais independentes, facilitando a fiscalização destes governantes.

Acredito que o caminho seja esse. A nossa maior lição moral é que não adianta viver em um país em que apenas poucas pessoas sejam beneficiadas enquanto a maioria passa necessidade. Um país como o Brasil, gigante, forte, com tudo, florestas, mananciais, alimentos, água doce e petróleo, sofrer o que está sofrendo? Não dá mais para aceitar uma situação assim.

O Brasil é um país rico, pode ser autossustentável. Aliás, é o país do desperdício, mas isso é assunto para outro post.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

A vida é uma incógnita

QUADRO TESTE 0001

Incógnita, segundo o dicionário popular, é tudo aquilo que “se desconhece e se busca saber”.

E por falar nisso, o que mais estamos presenciando nestes últimos anos são incógnitas, tudo aquilo que desconhecemos, mas que procuramos saber, no amor, na profissão, no trabalho, na economia, no país, na religião, na política e nas pessoas.

Estamos presenciando muitas e muitas incertezas. Uma sociedade extremamente volátil, imprevisível.

Pessoas que acreditávamos serem boas pessoas, mas que escondiam as suas verdadeiras más intenções. Pessoas que julgávamos incapacitadas, alcançando o sucesso.

Aliás, quantos diversos relatos de receitas de sucesso todos os dias, no Facebook, no LinkedIn, no Twitter, etc. Com isso, muitos procuram fazer ou trilhar o mesmo caminho das pedras, acreditando que se fizer exatamente a mesma coisa, irá chegar lá.

Mas, espere um pouco, o ser humano é um ser extremamente complexo, o que faz com que as receitas de sucesso possuam efeitos colaterais diversos, porque o que possa ter dado certo para uma pessoa, possa não dar certo para outra.

Por isso que você é único, incomparável, inigualável.

Você é você, e não outra pessoa. Não tente viver a vida de outra pessoa. Seja o que você é.

Como eu disse no início, a vida é feita de incógnitas. Não existe a receita de sucesso. Existe o seu esforço, a sua dedicação, a vontade de ser uma pessoa que vem ao mundo para agregar coisas boas e compartilhar com outros boas ações.

Não caia no conto do vigário.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

O poder a qualquer preço no Brasil

O poder a qualquer preço no Brasil anda perdendo a linha. O poder a qualquer preço no Brasil retalha, pulveriza, fragmenta e faz virar pó quem entra em seu caminho. O poder a qualquer preço no Brasil nunca entregará o poder. O poder justifica todos os meios, todas as causas e todas as lutas, sejam elas justas ou injustas.

O poder na política corrupta é o mesmo que o orgasmo para uma mulher. Tem o mesmo efeito do chamado tesão que aquece a alma. O poder vale tudo, nada pode contra ele.

O poder escraviza, domina, suga todas as virtudes de uma pessoa para deixá-la arrogante, altiva, dominadora, controladora, e sarcástica. O poder é pop, ter poder é virar estrela de cinema, pois significa fama, é a áurea do poder. O poder é a melhor satisfação que se pode ter para quem já está viciado nele, assim como o efeito das drogas no cérebro de quem já é usuário.

O poder manda e desmanda, o poder quebra o inquebrável, com ele se pode tudo. O poder é tapete vermelho, é ser recebido de braços abertos, é descer as escadas da aeronave do mais alto comando, é sair de boa de toda e qualquer tentativa de tirá-lo do poder.

O poder é desfile, é luxuria, é brilhantismo. É entrada gratuita para qualquer mega evento. É ser convidado a se sentar em qualquer plateia, nacional ou internacional,  com líderes nacionais ou internacionais.

O poder a qualquer preço no Brasil é dizer: Nada que tentarem poderá me tirar do poder. Nenhuma calúnia, nenhum golpe me afastará do poder.

O poder a qualquer preço no Brasil é ter nas mãos outros poderes, os principais poderes de um país. O poder é barrar, modificar e até poder alterar o rumo da história.

O poder é lindo! O poder é VIP! O poder é deus!

Com tudo isso nas mãos, o poder a qualquer preço no Brasil não vai entregar o poder, pois ele tem tudo o que quer e tudo o que precisa.

O poder a qualquer preço no Brasil fragiliza as pessoas de bem, os cidadãos que querem um país justo e economicamente estável.

Olhe para outros tipos de poder que vão silenciando as pessoas, fazendo com que elas não tenham mais nenhuma voz. Vemos isso em cidades dominadas pelo tráfico de drogas. Os traficantes, chefões do narcotráfico desfilam o seu poder. Compram juízes, advogados, até a Suprema Corte. Mandam e desmandam.

Veja o poder em países comunistas. Eles desfilam o seu poder.

Portanto, depois deste carnaval as máscaras irão cair, expondo a real face do poder. Se preparem!

Mas existe uma saída pacífica para tudo isso? Se cada cidadão fizer a sua parte, juntar as suas forças e caminhar pelas ruas, certamente vai estremecer o poder a qualquer preço no Brasil.

O poder a qualquer preço no Brasil quer que você perca o seu poder de poder tirá-lo do poder, e se isto acontecer, não existirá nenhuma outra boa razão para acreditar que este cenário melhore.

Leandro Tissiano

LOGO 150 PX VAZADA PSDFM

Por que no Brasil é tão difícil ser honesto?

Para acabarmos com a corrupção de um país, é uma questão de cultura. Precisamos entender que cada um de nós é responsável por essa mudança em nosso país.

Continua…