Filosofando, Pro seu dia ficar melhor

Pessoas ingratas e as suas características

De sua cama King size, protegido por um lençol de puro algodão, acorda cedo reclamando da má noite de sono, sendo que a culpa está no fato da própria pessoa ficar acordada até bem tarde da noite, e não no dia que para ela, parece ter clareado mais rápido do que deveria.

Chega no trabalho de rosto emburrado, no máximo fala bom dia com aquele semblante de que se você perguntar: “Como você está? Tudo bem?”, a pessoa te fuzila com o olhar.

Não quer conversa, não quer dialogar, é somente ela e a tela do computador, com o silêncio sendo quebrado de vez em quando com uns sons e grunhidos estranhos.

Nada chama a sua atenção, a não ser aquilo que lhe interessa, ou algo que vai elevar ou renovar o seu egocentrismo.

Seu sorriso quando sai é amarelo, e na maior parte das vezes está relacionado ao sarcasmo.

Pratica Bullying emocional, só aponta defeitos, não faz um elogio, e segue em frente sem o mínimo interesse em melhorar como pessoa.

Anda de carro novo, com o ar condicionado geladinho, no conforto de ouvir uma boa música, mas só consegue enxergar a placa maldita de 50 Km/h na pista, na quantidade de carros ou nas blitz dentro das ruas da cidade.

Possui um iPhone 8 ou um Galaxy Note8, mas não quer pagar uma mensalidade de R$ 9,99 na operadora de telefonia.

Não consegue nem assimilar a possibilidade de ser contrariado, ou de receber alguma orientação visando melhorar o seu comportamento.

Tudo é visto através de um filtro da desconfiança, como um Rei com medo de perder o seu trono.

Mesmo que um ingrato tenha 99% de coisas consideradas boas, certamente travará no 1% de dificuldade, além de fazer um verdadeiro inferno psicológico na cabeça das pessoas em sua volta.

Geralmente, na maioria das vezes, são pessoas arrogantes, esnobes e soberbas que possuem um alto grau de ingratidão.

Mas isso não acontece só com pessoas das classes A e B. É algo que está presente em todas as classes.

Ser grato não é abaixar a cabeça, não reclamar, não lutar pelos seus direitos e aceitar tudo o que vier. Isto não tem nada a ver com ser grato. Têm a ver com se fazer de vítima.

Ser grato é agradecer pela oportunidade de estar vivo e se motivar a seguir em frente na busca de coisas melhores. É se conhecer internamente, não ficar dependendo apenas de fatores externos para sentir-se grato.

Ser grato é usar a sua condição atual para lhe impulsionar para cima, para frente, e não para baixo, o que na maior parte das vezes a ingratidão costuma fazer.

O ingrato possui uma visão limitada, ele não consegue ter uma visão abrangente das coisas, de tudo em sua volta, por isso que ele emperra na primeira dificuldade e não consegue ver o lado gratificante ou útil das coisas. Ele nunca pensa no fato de que poderia ser pior. Ele nunca agradece de coração. Quando agradece é totalmente artificial.

Existem muitas outras características de pessoas ingratas. Você consegue se lembrar de algumas? Comente aqui embaixo o que você acha.